quarta-feira, 7 de dezembro de 2005

O dinheiro está sobrando, meus queridos blogueiros de plantão: mais de 2 bilhões só para emendas de parlamentares (ou seja, para as do tipo "Fundações dos Amigos dos Parlamentares"), porque a contabilidade das arrecadações estava "errada"! E mais um milhão para a empresa do vice Alencar, como "suave prestação" de muito mais que viria por aí, por encomendas de "mais de 2 milhões de camisas para o PT"? E cadê o meu, querido f... Presidente?

E no Maranhão, a tal "Frente Oposicionista" ainda anda um tanto quanto desorientada, o que talvez fortaleça, nas eleições do ano que vem, a senadora Roseana - que nem vai trabalhar no Senado graças a eternas licenças de saúde, o que faz sobrar tempo para descaradas campanhas eleitorais no Estado, coisa ainda proibida, vide a multa que o Lula recebeu... Dúvida: por que então a ex-governadora e escroque não teve a mesma pena, tendo sido inocentada das denúncias mais que fundamentadas?!

Ainda continuando as notícias da semana passada sobre mais uma derrota do Coronel Bigodudo aqui no Maranhão (quando publiquei as matérias sobre o assunto, veiculadas na revista Carta Capital), na ROTATÓRIA de hoje divulgo a excelente crônica do ex-cineasta e jornalista Arnaldo Jabor (na maioria das vezes infame...), divulgada somente por rádio, na Rede CBN/Globo, analisando os fatos relacionados à decisão da Assembléia Legislativa do Maranhão de retomar, para o Estado, a administração do Convento das Mercês, há duas semanas - e o faz com ganho de causa, poeque já visitou estas terras e viu de perto a coisa toda! Divirtam-se!


Os Dissabores do Jabor

"Há certos progressos em nossa cultura política"

"Amigos ouvintes! No meio de tantos atrasos, há certos progressos em nossa cultura política. Essa semana que passou foi dura para o senador José Sarney. Ele teve algum fracasso político? Não. Ele teve uma derrota patrimonial...

Eu vou explicar: a Assembléia Legislativa do Maranhão cassou o direito de Sarney de ter se apropriado do antigo Convento das Mercês e de tê-lo transformado em "Memorial Sarney". Isso mesmo: há alguns anos, o nosso senador mandou reformar o antigo convento do Século XVII, que estava em más condições. Fez uma bela reforma com o dinheiro público - claro, grana do povo do Maranhão. Mas quando ficou pronto, instalou ali toda a sua obra e vida políticas. Lá estão todos os documentos de sua trajetória: quadros a óleo dele, com a família, com Dona Marly, sem dona Marly, ele com bigode, ele sem bigode, todos os seus discursos, decretos etc.

E, para coroar, fez ali um espaço reservado no jardim do convento, onde ele será enterrado. Ou seja: um mausoléu para ele mesmo, num lugar público. É como se o Paulo Maluf fizesse um túmulo ali na Avenida Paulista. É extraordinária a vaidade desse homem. Que, ao invés de se julgar um servidor público, se acha um soberano, um rei, fazendo um monumento pra si mesmo, na rua!

É também muito instrutivo ver esse sintoma oligárquico. Para muitos políticos - não todos -, o espaço público é deles: a cidade, o Estado, é patrimônio deles. Isso no Estado do Maranhão, que tem os piores números sociais do Brasil, onde grande parte do povo não tem onde cair morto. Lá, Sarney quis construir seu monumento eterno, como um Bolívar. Sarney ficou tão triste com a notícia, que até chorou.

Agora, Sarney tentará de tudo para reverter a decisão da Assembléia do Maranhão. Resistam, maranhenses, porque a praça é do povo. Não é do Zé!

 

Google+ Followers

+ voam pra cá

Web Pages referring to this page
Link to this page and get a link back!

Quem linkou

Twingly Blog Search http://osmorcegos.blogspot.com/ Search results for “http://osmorcegos.blogspot.com/”
eXTReMe Tracker
Clicky Web AnalyticsBlogBlogs Join My Community at MyBloglog!Personal Blogs - BlogCatalog Blog Directory

Outras cavernas

luzdeluma st Code is Copyright © 2009 FreshBrown is Designed by Simran