domingo, 18 de junho de 2006

E hoje é o grande dia: finalmente a Seleção vai demonstrar se mereceu mesmo todo aquele entusiasmo mundial (esmaecido depois da fraca partida de abertura) ou se vai entregar a Copa para aqueles jogadores de rúgbi disfarçado de futebol... E no Cine Morcegos de hoje, nada melhor que lembrar um grande filme sobre o polêmico entusiasmo com o tri de 70 sob o punho pesado da Ditadura - cuja canção-tema é tocada aqui, mais pela beleza de hino em que se tornou que pelo simbolismo macabro e cego daquela época...

Cine Morcegos

"90 milhões em ação, pra frente, Brasil, do meu coração"! Assim conclama a clássica e polêmica marcha de 1970 de Miguel Gustavo, em pleno período áureo da Ditadura Militar... Assim, enquanto centenas de pessoas "desapareciam" nos porões dos DOICODs, uma nação cegada pelo brilhantismo de Pelé, Tostão, Rivelino, Gerson e cia. e pela idéia do então iniciado "milagre econômico" vibrava o simples fato de ser brasileiro...

Este é o cenário real onde se desenrola a trama de Pra frente, Brasil, um dos grandes momentos do Cinema Nacional, dirigido pelo sempre competente Roberto Farias (do clássico Assalto ao Trem Pagador, de 58, também com o irmão famoso, Reginaldo): produzido em 1983, quando da abertura política brasileira, o filme narra as desventuras de um pacato cidadão de classe média que, confundido com um ativista político, é preso e torturado por agentes federais em plena Copa de 70.

Vencedor do prêmio C.I.C.A.E., no Festival de Berlim, e dos prêmios de Melhor Filme e Melhor Edição no Festival de Gramado, Pra Frente, Brasil é um dos poucos filmes que retratam as atrocidades cometidas durante esta negra página de nossa História... E, a despeito dos costumeiros problemas de fotografia e de som da época, o filme tem direção impecável, roteiro e atuações memoráveis (Fagundes, Farias e um inesquecível Zara, tirando uma Natália do Vale deslocada, em início de carreira), sendo Cinema-Denúncia de qualidade num período em que os brasileiros começavam a acordar da letargia mortal dos tempos de chumbo... E é com um trecho deste memorável roteiro que eu termino o Cine Morcegos de hoje, com um libelo contra qualquer tipo de dominação ou manipulação - até mesmo através do Futebol!



INT Avião
Sarmento - Tenho a impressão que desta vez o Brasil ganha o tricampeonato.
Jofre - É? Toda vez que a Seleção sai daqui vaiada ela acaba ganhando lá fora.

O avião chega ao Rio. Desce no Aeroporto Santos Dumont. Na fila do táxi, Sarmento é o primeiro. Jofre está logo atrás. Pára um táxi. Sarmento vai entrar. Volta-se.

Sarmento - Você vai para onde?
Jofre - Vou para o Centro.
Sarmento - Quer aproveitar o táxi?
Jofre hesita, sorri e entra. O táxi parte.

O rádio do carro transmite um noticioso: "O Governo do General Onganía decretou, ontem, a pena de morte na Argentina. Carlos Lamarca é condenado a 24 anos de prisão em São Paulo, por furto de armas. O Presidente Médici afirmou ontem que é preciso que se tenha bem presente que o desenvolvimento de países em processo de explosão demográfica não prescinde de atrair créditos internacionais de ajuda a investimentos ou de exportar riquezas naturais, visando ao aumento da renda nacional. União Soviética lança em órbita terrestre nave Soyuz..."

Uma Veraneio azul com cinco homens começa a seguir o táxi. Jofre e Sarmento conversam animadamente. Não estão prestando atenção ao noticioso. Jofre sorri.

Jofre - Engraçado, a gente conversou esse tempo todo e ainda não se apresentou... (Tira um cartão). Meu nome é Jofre.
Sarmento, recolhendo o cartão - O meu é Sarmento. Só que eu não tenho cartão. Eu te procuro.

A Veraneio emparelha com o táxi. Um homem armado grita:
Dr. Barreto - Pára esse carro!

Sarmento reage imediatamente. O homem simpático de momentos atrás torna-se violento. Saca de uma arma e ordena:

Sarmento - Toca esse negócio. Mete o pé!
Jofre - Que é isso, rapaz? Pára com isso?
Sarmento - Não enche o saco, porra! Fica quieto.
Dr. Barreto - Encosta!
Jofre - Você está louco, cara? Está louco?

Sarmento atira na direção do Dr. Barreto. Um dos homens do Dr. Barreto aponta uma metralhadora e dispara na direção de Sarmento. Sob a estupefação de Jofre, Sarmento é atingido várias vezes. Jofre se encolhe atrás do banco. Sarmento cai por cima de Jofre, mortalmente ferido.

EXT Táxi
O táxi roda, desliza e sobe a ilha que separa as duas pistas. Os homens saem de dentro do outro carro. Comem para o táxi.

Mike - Puta que pariu! Matei o cara.

Jofre é puxado de dentro do táxi com violência. Cobrem-lhe a cabeça com um capuz, metem-no dentro do carro e partem. Por sobre o corpo de Sarmento começa-se a ouvir o entusiasmado locutor anunciando para dentro de alguns instantes o início do primeiro jogo do Brasil na Copa.

Locutor - "... E vem aí mais um campeão de audiência do escrete do rádio, Jorge Cúri: Alô, alô, amigos brasileiros! A seleção brasileira inicia hoje, 03 de junho de 1970, no Estádio Jalisco, na cidade de Guadalajara, a disputa da Copa do Mundo, visando à conquista do tricampeonato, já que o Brasil foi o vencedor em 1958 e 1962... O Brasil joga pelo Grupo..."

(Roberto Farias, trecho do roteiro original de Pra Frente, Brasil, páginas 2/4)
 

Google+ Followers

+ voam pra cá

Web Pages referring to this page
Link to this page and get a link back!

Quem linkou

Twingly Blog Search http://osmorcegos.blogspot.com/ Search results for “http://osmorcegos.blogspot.com/”
eXTReMe Tracker
Clicky Web AnalyticsBlogBlogs Join My Community at MyBloglog!Personal Blogs - BlogCatalog Blog Directory

Outras cavernas

luzdeluma st Code is Copyright © 2009 FreshBrown is Designed by Simran