domingo, 8 de janeiro de 2012

Believe it or not...


Quem tem mais de 30 anos e não se lembra do tema de abertura de uma das mais adoráveis e cultuadas séries televisivas dos anos 80, Super-Herói Americano, só pode ser um extraterrestre de uma galáxia ainda mais distante da que originou os seres que trouxeram aquele super-uniforme sem manual - Believe it or not virou clássico na voz de Joey Scarbury (música de Mike Post e letra de Stephen Geyer) e se tornou um estrondoso 'hit' no início dos anos 80 (aqui no Brasil, um pouco mais tardiamente, quando do sucesso da exibição da série no SBT a partir de 88). Tanto que até hoje é lembrado em inúmeros filmes saudosistas (O virgem de 40 anos) ou parodiado em séries cômicas - como no também já 'cult' episódio "Susie", do genial Seinfeld, aquele em que Elaine Baines (Julia Louis-Dreyfus, de The New Adventures of Old Christine) cria uma enorme confusão no trabalho assumindo a existência de um 'alter-ego' seu chamado Susie e onde o esquizofrênico George Costanza canta uma hilariante versão da música como recado em sua secretária eletrônica (recusando-se a atender uma namorada, que queria o fim da relação dias antes de uma grande festa!).

Só para lembrar (aos mais novinhos e aos "extraterrestres" desmemoriados maiores de 30 anos), a série - que, por várias vezes, tentou voltar à ativa (até com uma versão feminina do herói, que jamais foi exibida) e agora parece que finalmente decolará, com a pré-produção de um filme e de uma série de quadrinhos - mostrava como o professor Ralf Hinckley, depois de receber um super-uniforme de alienígenas em passagem pela Terra e de perder seu "manual" de instruções de como usar a roupa especial, pelejava para lidar com os poderes da fantasia (hilárias todas as tentativas de voo e aterrissagem!), enquanto tentava conciliar sua nova vida de aventuras com seu bom caráter, sua noiva e seu parceiro (não tão bom assim) policial, numa série de roteiros bem simples, porém deliciosos e bem "anos 80" ao longo de três temporadas. Já Seinfeld, ao longo de toda a década de 90, remodelou as séries cômicas norte-americanas e fez sucesso como a maior "comédia sobre o nada" (no que discordo: tratava-se de uma "personificação" de textos de 'stand up comedy' através de 4 amigos e seu microcosmo de contratempos numa cidade grande) por exatas 9 temporadas, onde, com textos sempre muito inteligentes (Larry David e Jerry Seinfeld, na série interpretando a si mesmo), podia-se ver o dia-a-dia um comediante e de onde ele retirava as situações cômicas que abordaria em seu 'show'.

Ganhei de Natal da minha querida Jandira o ótimo 'box' com as primeira e segunda temporadas de Seinfeld (Seinfeld Volume 1, mas, além de não ter tido tempo de (re)ver nenhum dos episódios e os muitos extras dos 4 discos da minha série televisiva norte-americana favorita (ao lado de Friends, Two and a half men - com o "mito" Charlie Sheen - e Louco por você), devo lamentar que, neste estojo, não consta o episódio 'cult' da secretária eletrônica (da 8ª temporada), ficando eu na dependência do canal Sony em reprisá-lo na hora que bem entender... Mas aqui nos Morcegos o querido blogueiro de plantão não fica na mão e mata a saudade (ou passa a conhecer) estas duas versões de um clássico da música 'pop' cheio de referências, e - acredite ou não - excelente pedida para um domingão descompromissado...




Bons tempos que não voltam mais: "Acredite ou não, Estou andando no ar. Nunca pensei que eu pudesse ser tão livre Voando para longe do jeito que dá"... Curioso para saber a letra/tradução das canções dos vídeos aqui presentes? Então acesse aqui ou aqui para mais!
|

16 comentários:

Canto da Boca on 8 de janeiro de 2012 19:18 disse...

Pois é, vindo ao Morcegos, só agregamos conhecimentos, tanto os desmemoriados, quanto os que não tiveram a oportunidade de ver, saber, conhecer esta ou aquela película, série, ou afins, no seu lançamento ou exibição. Morcegos é informação e utilidade pública!

Abração, Dil, beijos na Isabela, e recomedndações à Jandira!

;)

Ruby on 8 de janeiro de 2012 23:10 disse...

Eu lembro da série Super heroi americano, no SBT, não muito dos episódios mas da música lembro bastante, já entre Seinfeld e as aventuras de old Christine,fico com as aventuras. Me abandonou, né?

Souza disse...

Sensacional! Adorava Super-Herói americano nas sextas à noite no SBT e sempre adorei Seinfeld, muito bom o casamento feito aqui. Ainda melhor vendo os vídeos escolhidos e os cartuns da Família Addams ali no ladinho!

Jandira Rosa disse...

Infelizmente, tua querida esposa está inclusa na categoria de extraterrestres aqui mencionada! Tenho que explicar pra me defender: no interior em que nasci e me criei, não existiam essas 'modernidades' da capital com vários canais de TV disponíveis. Lá eram só as Redes Globo e Bandeirantes de televisão (vez por outra o SBT entrava no ar... mas depois saía). Fazer o quê, né?
Pra variar, o texto ficou muito inteligente e como sempre, à altura do bom humor e perspicácia do autor. Beijo grande!

Lulu on the sky on 9 de janeiro de 2012 14:25 disse...

Dilberto, confesso que não cheguei assistir essas séries. Via mais aquelas da Globo: Caras e Caretas (Family Ties), Super Vicky.
Big Beijos

adriana on 10 de janeiro de 2012 03:18 disse...

Compartilho da mesma situação de Jandira à época: no meu interior não tinha disso não, rs...

No mais, adoro Seinfeld! Estou vendo neste instante na Sony. Mas amigo, o George é esquizofrênico? Acho que quem mais se aproxima de uma esquizofrenia é o Kramer, embora ache que também não o seja.
Deixando as suposições diagnósticas psiquiátricas de lado, adorei as imagens da barra lateral, fantásticas! E adorei tudo o mais...

beijo!

Adriana

Jota Effe Esse on 10 de janeiro de 2012 09:28 disse...

Meu caro Dilberto, eu devo ter feito alguma besteira, porque já havia comentado "e o mundo não se acabou", mas agora vejo que meu comentário não aparece. Ou será que o mundo acabou e eu não vi? O mais provável é que eu tenha me perdido nesse mar de letras que você produz. Embora com atrazo, Feliz e Próspero 2012! Com meu abraço.

Érica Colaço on 10 de janeiro de 2012 16:46 disse...

Adorei a letra/tradução. Numa hora dessas eu queria ter mais de 30 anos, mas não é tarde, vou assistir ao filme e comprar toda a série em quadrinhos, se for concretizado, claro. E vou passar a ver Seinfeld, também, acabei de ver o trecho daqui e me pareceu muito divertido, fora que eu confio no seu bom gosto. Um prazer comparecer nessas pequenas viagens no tempo e espaço, das coisas que conheces tão bem. Ah, sim, muito bacana também a homenagem ao centenário de Charles Addams e a sequência das figuras com a família Addams, com toda sua forma de amor inusitado. Sem contar a trilha sonora... Tá vendo? É muito difícil comentar aqui. Beijos

ANTONIO NAHUD JÚNIOR on 10 de janeiro de 2012 17:27 disse...

Fiquei envergonhado... rs... não lembro da série, tampouco da canção de abertura...

O Falcão Maltês

layla lauar on 11 de janeiro de 2012 17:07 disse...

eu sempre desconfiei e você acabou de me convencer...realmente não pertenço a este mundo, já que tenho 36 anos e nunca ouvi falar dessa série. a bem da verdade, pouco vejo TV e não gosto de seriados americanos, com raras exceções, como os dois que você citou: Friends, Two and a half men e Law & Order - SVU, que vejo, revejo e não me canso. quanto ao post anterior, antes o mundo houvesse acabado e com ele as pedras que andam pertubando meus rins. (motivo da minha ausência, já que não sou Poeta, como Drumond,e ele só tinha uma única pedra no meio do caminho, não sei poetar sobre as minhas e nem o que fazer com elas, portanto quero que todas se explodam junto com esse "mundo, mundo, vasto mundo, se eu me chamasse raimundo, seria uma rima, não uma solução")

é isso...

beijos

cineboy on 12 de janeiro de 2012 10:50 disse...

Gostava da série.a música era bem bonitinha.o ator wiliam katt fez carrie, a estranha,filme que me deixa estasiado até hoje,e robert culp,ator de filmes sérios e temáticos dos anos 60 e 70 fazia o policial durão e meio brigão. grandes lembranças Dilberto.Eram os anos 80, a década perdida para o Brasil e nós crianças que não sabiam da merda toda que acontecia pelo país hahaha.curtíamos essas séries de montão!

Canto da Boca on 12 de janeiro de 2012 21:31 disse...

Dil, o blogger me informa de um novo texto, e no entanto venho aqui e continua o mesmo "Believe It or Not"... Não atualiza, não sei o que se passa!?

Игорь on 13 de janeiro de 2012 13:51 disse...

Olá meu amigo.

a recordação do herói de capa está sepultada em 20. ooo léguas de poeira hahaha

abraços !

Thiago Leite on 13 de janeiro de 2012 14:32 disse...

Eu devo ser mesmo um extraterrestre. É a primeira vez que ouço falar nesse seriado. Mas pelo vídeo a premissa parece ser bem interessante.

Claudinha ੴ on 16 de janeiro de 2012 21:56 disse...

Olá DILeto amigo do planeta Terra! Pensei que soubesse que eu não sou deste planeta! Bem, além disso posso não ser MAIOR de 30, mas sou bem mais velhinha que os de 30, hahahaha. Porém conservadíssima, meu caro, faço questão de lembrar!!!
Mas acho que legal estes resgates de séries e programas queridos. Vai ter audiência sim!
*Eu também tenho filmes para ver e o tempo me foge... E quanto à Seinfield é uma das séries preferidas de minha BBzinha. Mas ela tem preferências bélicas como The Pacific, Band of Brothers e seriados do gênero.. Pois é, o tempo de bonequinhas rosas se foi faz tempo...
Um beijo procês!

Du on 21 de janeiro de 2012 13:32 disse...

Poxa, felizmente ou infelizmente ainda sou deste tempo e AMO esta música - Acreditar ou não...!!!

Beijos!!!

 

Google+ Followers

+ voam pra cá

Web Pages referring to this page
Link to this page and get a link back!

Quem linkou

Twingly Blog Search http://osmorcegos.blogspot.com/ Search results for “http://osmorcegos.blogspot.com/”
eXTReMe Tracker
Clicky Web AnalyticsBlogBlogs Join My Community at MyBloglog!Personal Blogs - BlogCatalog Blog Directory

Outras cavernas

luzdeluma st Code is Copyright © 2009 FreshBrown is Designed by Simran