sexta-feira, 27 de janeiro de 2006

Apesar de já ter participado do "post comunitário" da cara Micha, pela primeira vez tenho uma proposta aceita pela amiga virtual, uma vez que passo bastante por este "tema" atualmente... Só fiquei pensando numa proposta da Micha sobre academias de ginástica só para garotas... Com certeza o cheiro seria bem melhor que aquela sudorese insuportável da macharada tão comum nesses ambientes! E, com certeza, não faltariam currículos masculinos para trabalharem como professores!


Torturas em série! Lançamento de obra inédita de Kafka: "O Processo vai à Academia!"


Academia: ame-a ou deixe-a... Ou arranje uma amante para os fins de semana!

"Academia"... Pelo nome, não faz muito tempo, primeiramente se pensava logo num espaço intelectual onde se discutiriam idéias, princípios, teses e axiomas, tal como universidades e agremiações artísticas ou científicas... Entretanto, ao longo dos anos 80, aos poucos esta concepção intelectual de academia foi cedendo espaço para ambientes voltados exclusivamente para o físico, naqueles tempos em que Stallones Rambos, Schwarzeneggers Conans e Van Dames Kickboxers inspiravam jovens raquíticos a ter os corpos com todos aqueles músculos salientes, sem esquecer as fitinhas de fitness das séries self service de work out (quantos nomes em Inglês!), tão procuradas nas locadoras e que deram origem aos primeiros booms de coroas que ansiavam em ter o corpo da Jane Fonda! Já os anos 90 passaram a presenciar as academias de musculação como "males necessários", com o incremento do 'cooper' e dos concursos de danças aeróbicas nos 'shopping centers', o que levou à sua estabilização como verdadeira "instituição" nestes anos 2000...

A primeira vez que tive que encarar este diferente "universo acadêmico" da malhação foi por necessidade, devido ao aumento inesperado das minhas taxas de colesterol ruim e de glicerídeos, durante o meu segundo "período de engorda", aos 27 anos, justamente naquele tempo de consolidação do sedentarismo do escritório, do computador e do DVD aos domingos - a "primeira engorda" havia se dado na passagem dos 17 para o 18, entre o fim do segundo grau e a faculdade, aquele tempo dos "nissins miojo" de final de noite para agüentar as madrugadas de estudo e das cervejinhas das intermináveis festas de despedida do terceiro ano e das inúmeras comemorações pelas aprovações nos vestibulares!

Assim lá ia eu, quase que arrastado pela minha então namorada Jandira, hoje noiva, para aquela espécie de nova escolinha para marmanjos sedentários, onde já podia me sentir desesperado, tal como um guri que tem que encarar pela primeira vez o assustador mundo do jardim de infância... Supinos, esteiras, bicicletas ergométricas, pesos e todas aquelas parafernálias que mais pareciam objetos de tortura modernizados me causavam cansaço só de olhar, juntamente com aquele monte de gente se exercitando e fazendo caretas a cada esforço - não tinha mais volta, afinal, tinha que me cuidar!

Confesso que o ambiente da academia escolhida facilitou muito minha adaptação naquele difícil "início de vida nova", bem diferente do ritmo desumanizado normalmente visto nesses estabelecimentos: na Personal Trainning (um pouquinho de comercial para ver se meu blog ganha patrocínio ou se consigo um desconto nas mensalidades) pude encontrar professores e instrutores boa-praça e mais preocupados em corrigir erros e posturas dos alunos do que interessados em apenas tirar casquinha das gostosonas saradas, música sem ser no último volume e com gêneros democráticos e alternados (se bem que a base é mesmo o "bate-estaca" pra deixar todo mundo acordado ou o que hoje chamam de "R&B", aquele sonzinho babaca de bandinhas como Black Eyed Peas ou das "bundas sussurrantes" J-Lo e Beyoncé!) e, além de somente garotões e garotonas, podiam-se também ver casais sem maiores pretensões além de manter a saúde e a regularidade física em dia, tudo isso fazendo daquela academia uma boa escolha dentre os outros locais consultados por mim e por Jandira até então - um "ambiente familiar", como no justo dizer do proprietário e professor Sálvio Honorato.

Mesmo com todo aquele clima amigável, as máquinas e equipamentos nunca souberam relacionar-se direito comigo, o que levou ao rompimento da minha primeira relação de "casamento" com as academias... Sentindo-me "livre" novamente depois de cinco meses de torturas repetitivas semanais, passei, por um tempo, a manter uma rotina de caminhadas de 'cooper' e 'jogging' a fim de assegurar as conquistas nas melhorias dos exames, obtidas graças àquele relativamente curto tempo de academia. Bom, pelo menos foi isso o que eu tive de prometer a Jandira para conseguir minha "alforria" da academia... Mas, preguiçoso confesso que sempre fui, depois de alguns meses de "caminhadas forçadas", também ao lado de minha noiva e "dublê de personal trainning", aproveitei um momento de distração em sua vigília e também abandonei as caminhadas, durante um período em que ela não me pôde acompanhar devido a um curso noturno!

Porém, como todo casamento moderno que se preze, depois de pouco mais de um ano tive que "reatar" com a academia, por força de mais um "período de engorda" ? meço cerca de 1,83 e peso, normalmente, entre 86 e 87 quilos, mas, mais uma vez, já estava beirando os 92! Assim, independentemente de novos exames de 'check up' (que me recusei a fazer, com medo de alardes familiares!), voltei à Personal há cinco meses e, graças a Deus e às "torturas" (ah, exagero meu; já até consigo ter prazer em todos aqueles exercícios repetidos, ao lado do pessoal gente boa de lá...), consegui recuperar o meu peso normal e me manter firme numa razoável disciplina de três vezes semanais - sem esquecer o "firme" dos meus bíceps e tríceps que aos poucos voltam à ativa, é claro...

Entretanto, ao ver um número cada vez maior de garotos e garotas tão novos em espaços de musculação, normalmente sem necessidades reais de perderem ou de manterem pesos, dietas ou rígidas disciplinas corporais, sempre me pergunto se não se trata, de fato, de uma tendência desta geração ao masoquismo, em busca de um desenfreado modismo e rumo a um já quase descontrolado e imbecil narcisismo, em meio a inúmeros outros "ismos" gerados e alimentados cada vez mais nos atuais e iguais tempos globais... Academia: ame-a ou deixe-a... Ou, numa relação mais atualizada, ame-a, mas sem exageros, que é pra não abusar, e mantenha uma vida paralela com algumas amantes, como boas massas e vinhos nos finais de semana!

|

1 comentários:

Anônimo disse...

http://netpnichen.la2host.ru/04-2009.htm self-settled trust and bankruptcy exemptions http://enrupme.la2host.ru/avto-spetstehnika.htm sunrise assisted living filing bankruptcy http://opcosless.la2host.ru/lindi_30-12-2008.html ct bankruptcy attorney http://bezzcentlin.la2host.ru/mashinist-bashennogo-krana-moskva.html xm radio bankruptcy http://vialojou.la2host.ru/lindi_22-12-2008.html bankruptcy alberta http://vialojou.la2host.ru/kupim-ekskavator-ekg.html how to file bankruptcy http://corfidow.la2host.ru/64-gerosio.html bankruptcy attorneys in lithonia ga http://samocon.la2host.ru/pagesto_10.html bankruptcy attorneys in jacksonville fl http://densrecan.la2host.ru/lindi_15-09-2008.htm free bankruptcy public record search
http://corfidow.la2host.ru/53-gerosio.htm us bankruptcy court http://infritac.la2host.ru/01-2009.htm did phillips file bankruptcy http://prerertic.la2host.ru/lindi_04-12-2008.htm bankruptcy richard h sweat jr

Amigos & Leitores

 

Google+ Followers

+ voam pra cá

Web Pages referring to this page
Link to this page and get a link back!

Quem linkou

Twingly Blog Search http://osmorcegos.blogspot.com/ Search results for “http://osmorcegos.blogspot.com/”
eXTReMe Tracker
Clicky Web AnalyticsBlogBlogs Join My Community at MyBloglog!Personal Blogs - BlogCatalog Blog Directory

Outras cavernas

luzdeluma st Code is Copyright © 2009 FreshBrown is Designed by Simran