sexta-feira, 28 de setembro de 2012

Setenta Tim



Vai, Tim: canta pra mim aquele baião de dois com rock e funk dos Isteites que só tu sabes fazer! Porque és coronel - e, se o Tio Sam ou os generais não o querem bem, nós queremos, Tim, de corpo e alma lavada e sem motivo, que a semana inteira foi complicada só pra terminar assim: dançando e melando o sovaco no embalo solto da vitória-régia ou juntinho, no "mela-cueca" da dança com uma linda mulher num salão onde vale tudo (na seca, sem chá,café ou chocolate)... Mas és maior que isso, Tim, bem o sabes (e teus estrelismos sem nexo, teus pitis fora de hora e teus furos depois das alturas não me deixam mentir!)... E, se do flerte com o Rei e suas guardas não brotou o que merecias, foi com o nada racional uso da tua genialidade que a gente viu que chiclete com banana caía bem! E tome samba-soul suingado, gospel-intergaláctico careta (disco incrível...), xaxado com levada negra norte-americana... Só tu mesmo, cabra da peste tijucano preto, gordo e malucão!

E os teus, da geração pós-guerra e paz-amor-e-álcool ou drogas (eles tinham meio-termo, seu puto!), todos chegaram aos 70... E tu? Hoje chegarias... Mas querias sossego! É, você é mesmo algo assim e seus altos e baixos esperam aqui em cima pelo teu retorno no palco (onde foste visto pela última vez), síndico do Brasil: setenta neles, Tim!




|

6 comentários:

Игорь on 30 de setembro de 2012 20:17 disse...

Muito bom !!

Claudinha ੴ on 30 de setembro de 2012 21:30 disse...

Bela homenagem Dil!
Estou aqui na salinha de casa, visitando os blogs e acabo de ver uma homenagem ao Tim. Me encantei com Léo Maia, que tem o balanço e o TIMbre... Coincidência? Não, elas não existem!
Adoro todas as músicas do setentão, mas principalmente "Eu amo você menina"... E que viva a Banda Vitória Régia e Tim em nós!!!

Surto on 1 de outubro de 2012 11:00 disse...

Caro Dilberto,

Costumo dizer que a morte do Tim Maia é uma perda irreparável pois não sobrou ninguém que faça algo nem parecido com o que ele fazia e hoje nossos artistas querem mesmo é ficar na zona de conforto sem se arriscar, Tim Maia se arriscava e muito e por isto produzia uma música de qualidade tão sofisticada.

Grande Abraço

on 1 de outubro de 2012 15:57 disse...

Bela homenagem! De fato, um grande artista, um dos maiores (literalmente :D) do último século e uma perda irreparável.
Abraços!

Gilberto Carlos on 2 de outubro de 2012 13:12 disse...

Gosto muito das músicas de Tim Maia. Fiquei fã dele, depois que ele já tinha morrido, mas ainda bem que ficou sua obra.

Dulce Miller on 7 de outubro de 2012 21:01 disse...

Você escreve muito bem, meu amigo relicário! Parabéns para o Tim, beijos pra você :)

 

Google+ Followers

+ voam pra cá

Web Pages referring to this page
Link to this page and get a link back!

Quem linkou

Twingly Blog Search http://osmorcegos.blogspot.com/ Search results for “http://osmorcegos.blogspot.com/”
eXTReMe Tracker
Clicky Web AnalyticsBlogBlogs Join My Community at MyBloglog!Personal Blogs - BlogCatalog Blog Directory

Outras cavernas

luzdeluma st Code is Copyright © 2009 FreshBrown is Designed by Simran