quinta-feira, 22 de dezembro de 2011

Vale a pena... Feliz Natal! E até 2012
(se o mundo não se acabar...)!


Apesar do esquecimento do simbolismo do nascimento do menino-Deus, trocado pelo banal consumismo dos papais-noéis dos 'shopping centers' e dos filmes televisivos de festas brancas de neve com meninos ricos da face rosada, o Natal brasileiro da comilança regada à cerveja nas casas dos tios, da breguice dos enfeites de plástico a imitar símbolos do hemisfério norte e da hipocrisia das confraternizações dos escritórios ainda é bom: ao menos uma vez no ano há um convite forçado à reflexão! Infelizmente, muitos se incomodam com tal "forçação" e acabam por ir na contramão da alegria da festa, deprimindo-se e, por tantas vezes, cometendo suicídio... De fato, parece que você TEM que estar feliz por sobre todas as coisas feitas no ano findo e cheio de crendices tolas em torno de planos vazios para um futuro próximo. Por isso é hora de desanuviar e esquecer este "portal mágico" entre o "fracasso" do ano que se encerra e o "feliz ano novo" perfeito na imaginação que se aproxima: mesmo tendo uma vida inteira gostado de Matemática na escola, números me são hoje supérfluos (a não ser aqueles nas contas dos caraminguás para dar conta de todas os carnês de dezembro!); sendo assim, entre 2011 e 2012 existem apenas números de dias e meses em branco a serem preenchidos com a mesma determinação que se espera no dia-a-dia sem magia de cada um de nós... E uma virada insuportavelmente chata de fogos, bebedeira e muita zoada! Já o Natal, não, esta noite, mesmo com todos os poréns, ainda é mágica: abrace forte quem você ama de verdade (porque amanhã poderá já não abraçar...), coma e beba com moderação, celebrando a vida e faça uma prece silenciosa por aqueles que o incomodam ("eles não sabem o que fazem..."), pois esse é o sentido do Natal! Bem, pelo menos foi Isabela quem me disse isso e estou repassando: afinal, sem tradução, muito pouca gente entenderia "nenenês"! E, se nesta correria que a vida nos impõe não der tempo de comprar um cartão e sobrescrevê-lo com belas mensagens, mande um 'e-mail', um cartão virtual, um torpedo, uma mensagem via Facebook, uma tuitada: a ideia é a mesma - vide abaixo o genial comercial português "Natal Digital", da Excentric ("Os tempos mudam. O sentimento continua o mesmo"), sobre como seria se o nascimento de Jesus fosse nos dias atuais. Assista e se divirta! Vale a pena... Feliz Natal! E até 2012 (se o mundo não se acabar...)!

|

14 comentários:

Claudinha ੴ on 22 de dezembro de 2011 21:58 disse...

Meu querido e DILeto amigo, concordo plenamente com a sua posição sobre o verdadeiro sentido do Natal. Bom é o sentido de recomeço da virada do ano e seus conselhos são bem vindos. Os excessos, seja na alimentação, compras, são indevidos. Gosto do pensamento budista, o caminho do meio...
Para você, a bonequinha Isabela, Jandira e todos os que ama, um Santo Natal. Beijos bem grandões!(e uma mordida nos pezinhos dela quando os pais não estiverem olhando)...

Suzane Weck on 23 de dezembro de 2011 00:47 disse...

Passei rapidamente para desejar grandes alegrias neste Natal e muita prosperidade em 2012para você e seus familiares.Um grande abraço.

Du on 23 de dezembro de 2011 14:31 disse...

O objetivo de um ano novo não é que nós deveríamos ter um ano novo. É que nós deveríamos ter uma alma nova - [Gilbert Keith Chesterton]

Feliz Natal :D

Lulu on the Sky® on 23 de dezembro de 2011 18:28 disse...

Dilberto,
Feliz Natal! Muita paz e felicidades.
Big beijos

Érica on 23 de dezembro de 2011 21:24 disse...

Achei bonita a mensagem que li aqui, e o sentimento exposto, sobre essa bendita data do ano. Mas, penso que refletir deveria ser muito mais que um sentimento desperto em determinada data, e sim um exercicio diario. Confraternizar deveria ser rotina, toda semana um dia guardado para beijos e abracos entre pessoas que se amam e se respeitam, independente do nicho. O natal poderia ser muito mais, o ano todo. Enfim, apesar de achar bem chatinha essa epoca, respeito muito por isso te desejo lindas festas neste final de ano, para ti e todos que ama. Beijos

Poeta Mauro Rocha on 23 de dezembro de 2011 22:14 disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
Poeta Mauro Rocha on 23 de dezembro de 2011 22:15 disse...

Tudo vale apena se a alma não é pequena
se o mundo não é pequeno
e se tudo acabar, valeu a pena.

"Melhor do que todos os presentes por baixo da árvore de natal é a presença de uma família feliz."

Autor desconhecido


E lhe desejo Um Feliz Natal!!

Luci on 24 de dezembro de 2011 19:07 disse...

a melhor linguia de todos os tempos é o nenenês! sabedoria pura e cristalina que Isabela domina como ninguem!
Dil, todo dia é dia de falar de amor, de carinho e compreensão...nós bem sabemos, então...feliz natal pra vc e sua familia!
beijos

Duarte on 25 de dezembro de 2011 17:45 disse...

Claro que sim, Boas Festas!!!...
Não sou grande apologista desta quadra festiva, não suporto certas hipocrisias, mas aí estão, bom amigo. Que sejas muito feliz, mas sempre.
Um forte abraço

Jota Effe Esse on 26 de dezembro de 2011 07:35 disse...

E como o mundo não acabou, feliz nenenês pra você, Dilberto. Também falo algo do Natal no meu blog,mas não com esse brilho do teu post. Um abração.

Camille on 26 de dezembro de 2011 11:00 disse...

Natal realmente ja banalizou, mas faz é tempo viu? Desde pequena que eu lembro de ser essa muvuca de comprança de presentes, ate para ir na casa da minha avo de parte de pai que era superrr religiosa, mesmo la Natal tinha cara de estresse.
Ja vi Nataia bonitos, na casa de uma cunhada que chamava um monte de crianças pobres que iam ficar em abrigos para passar com ela.Aquele sim era um Natal mais solidario. Sem hipocrisia, ela estava pelo menos se preocupando com crianças que ficariam em algum canto imaginando que todo o resto do mundo estava feliz.
Feliz 2012 amigo, o mundo nao vai acabar. O universo inteiro nao esta nem um pouco preocupado com esse grso de arroz aqui. Esta em nossas maos acabar com o mundo. Se o ser humano quiser consegue: preservar ou destruir. Espero que preservar. Muita gente plantou boas semenetes por aqui.
Bjos

Emmanuela on 27 de dezembro de 2011 22:26 disse...

Devo admitir que eu amo um Natal bem pertinho da minha família com muito amor e divertimento. O único que lamenta é o meu pobre bolso, porque presenteio sem medida aqueles que amo de verdade.

Feliz ano novo pra você!!!!

cineboy on 29 de dezembro de 2011 11:01 disse...

Eu sou família,na medida do possível,sou um tipo ás vezes irascível,sacal,sem paciência para festividades e troca de falsas amabilidades familiares ou profissionais.Não sou fissurado mais no natal.Já fui na tenra infância.Gosto de filmes épicos religiosos e adoro revê-los,essa sempre é uma paixão,porém não sou nenhum pouco afim de filme com papai noel,renas,neve,floquinhos de neve,americanos rosados e felizes reencontrando seu espírito natalino.ECA!Tõ meio anti clerical,e não é de hoje,faz um bom tempo.Esse papa bento 16 me enoja,pronto falei! Enquanto isso a figura de Jesus me embala,ainda e por muito tempo,eu espero.Tenho uma afeição grande pela figura dele,prezo,espero que tudo seja mesmo verdade,sou um ingênuo que acredita nos seus ensinamentos,nas suas parábolas,no seu poder do bem,do amor total,do dar a outra face,do seu radicalismo de amor,da sua não concessão as coisas más,egoístas,mesquinhas.Enfim sou um cristão primitivo,quase um arianista.Não gosto da igreja de pedro e dos ensinamentos de São Paulo nas suas epístolas.Gosto de Jesus,sou um fã dele,grande fã.Junto com o cinema,política,Brasil,futebol,arte,arquitetura e urbanismo,minha Ana,minha mulher,Rio de Janeiro,Olimpiada e figuras históricas como Ghandi,Kubrick,Spielberg Truffaut,Lula,dentre outras,Jesus está lá,como um sujeito que admiro,prezo demais,choro por ele e queria poder ser muito mais em honra a ele e sua passagem por esse planeta.De novo,repito,acredito nele,não sou contra sua existência.Sei que ele passou por aqui,nos deu essa honra,sem dúvida.
Enfim sou um seguidor de Cristo,da figura humana e divina,sei que ele foi as duas,não sou um bobo que vai na onda da igreja e de seus dogmas que vieram séculos depois da passagem do Jesus real,homem e divino,ser especial,salvador e herói de muitos milhões.
Repito o natal por vezes me exaspera,me deprime,me deixa angustiado.Mas não Jesus,nunca! Esse personagem,essa figura humana,imprescindível,me guia nos momentos mais difíceis,me dá uma luz na hora do aperto e por ele rezo,por ele me emociono, por ele celebro intimamente,sem falsidades e rocambolescas festas e atitudes, o seu nascimento simbólico.Jesus,Ele, merece!

layla lauar on 31 de dezembro de 2011 15:33 disse...

já que o mundo (ainda) não se acabou, que em 2012 vocÊ continue a nos encantar com seus deliciosos textos e poemas!

tudo de bom que a vida possa oferecer, desejo a você e família, hoje e sempre.

beijo

 

Google+ Followers

+ voam pra cá

Web Pages referring to this page
Link to this page and get a link back!

Quem linkou

Twingly Blog Search http://osmorcegos.blogspot.com/ Search results for “http://osmorcegos.blogspot.com/”
eXTReMe Tracker
Clicky Web AnalyticsBlogBlogs Join My Community at MyBloglog!Personal Blogs - BlogCatalog Blog Directory

Outras cavernas

luzdeluma st Code is Copyright © 2009 FreshBrown is Designed by Simran