sexta-feira, 18 de fevereiro de 2011

"Agora que o Ronaldo se aposentou,
quando será que o Sarney vai resolver
pendurar as chuteiras?"

Clique nos 'links' desta postagem e leia matérias correlatas interessantes


Um cínico Sarney (pleonasmo!), num vídeo para o 'blog' do Senado, inverteu a posição das coisas e se disse agradecido pela comparação com o "Fenômeno" (veja aqui), terminando por pedir ao presidente do STF (em cujo 'Twitter' se encontrava a inteligente mensagem do título deste 'post') que não punisse a funcionária responsável pela espirituosa brincadeira (parece que não adiantou...)! Mas o imortal marimbondo (do fogo dos infernos) sempre teve jogo de cintura e bom humor, não é mesmo? Só assim para se manter no poder desde as lambidas nas botas da Ditadura Militar nos anos 60/70, posando como "Presidente da Abertura Democrática" nos anos 80, imiscuindo-se nos setores de minas e energia nos 90, até hoje, na sua quarta vez como presidente do Senado, mudando de pele a cada grupo político que suba a rampa do Planalto! Afinal, como não estar de bem com a vida se os amigos togados do TSE deram de presente à sua filha, em 2009, o governo do Maranhão de volta, e o filhão, Fernando Sarney, continua a comandar os "negócios" da 'famiglia' por aqui, livre da Polícia Federal e do Estadão?! Sem esquecer o velho amigo maranhense, carcará de guerras idas, João Alberto, que em breve deve ser confirmado o corregedor (!) do Senado... Fenômeno, sim: fenômeno de sede desgarrada pelo Poder e de imunda impunidade por tantas décadas!

Tudo isso porque o "legítimo" Fenômeno, Ronaldo Luís Nazário de Lima, entregou os pontos e as chuteiras na última segunda, 14, numa superprodução 'by Nike' (tempos modernos...): no nível de um Romário e de um Maradona, Ronaldo foi um dos maiores atacantes da História, com arranque e visão de jogo invejáveis até bem recentemente, mesmo com todos os problemas de saúde enfrentados (exemplo de superação, sem dúvida, mas... e esse hipotireoidismo revelado tão tardiamente como "explicação" para o sobrepeso?)... Sem dúvida, merecedor de muitas láureas, tendo calado a boca de muita gente "especializada" por tantas vezes (tal como parece que o vem fazendo o craque Rivaldo!), sempre fazendo o que sabia de melhor: gols... E que gols...

Maior artilheiro das Copas, campeão em 1994 (banco) e 2002 (absoluto), vice em 98 (essa a gente tenta esquecer...), colecionador de títulos nacionais e internacionais, eleito três vezes melhor do mundo e craque amado nos mais diversos palcos mundiais, assustou-se com mais e novas dores (especialmente no velho joelho, desde os tempos do PSV...) e cada vez mais e mais corintianos sem-libertadores atrás de sua roliça figura e acabou por escolher, enfim, sua hora de pendurar as chuteiras! Pena que, no universo da podre politicagem, nem todos tenham o mesmo bom senso (restaria uma esperança neste mar de lama?)... E uma pena maior ainda que a Política no País não seja uma paixão como o Futebol...

|

19 comentários:

Jens on 19 de fevereiro de 2011 01:18 disse...

Oi Dilberto.
Na questão Sarney, o culpado mais uma vez foi o mordomo, no caso uma funcionária terceirizada, exemplarmente punida. Ela foi, Sarney ficou. Mas a piada foi boa.
Quando ao Ronalducho, poderia ter parado antes - com honra e glória e sem barriga. Porém, mesmo com o amarelão mal explicado contra a França, na Copa de 1998, foi um dos grandes do futebol brasileiro e mundial. Ave, César. RIP.

Um abraço.

Miguel S. G. Chammas on 19 de fevereiro de 2011 09:50 disse...

Amigo, sempe fui admirador do gordo Ronaldo, desde as magras eras. iquei admirado com asagacidade do craque ao escolhero Corinthian(um time sempre à beira da desgraça nos torneios intenacionais)para pendurar suas chuteiras.
Pena que o "bigode maldito" não tenha um pouco desse simancol para sair de fininho do cenário político brasileiro.
E mais, pena que nós brasileiros, não tenhamos vergonha de sempre elege-lo novamente.
OO DIRIA UM AMIGO LÁ DOS PAMPAS "barbaridade tchê"

Игорь on 19 de fevereiro de 2011 11:13 disse...

Oi Dilberto

Tá dificil . A capacidade "sarneyana" de se adaptar ao poder é simbiótica .

A desculpa da tiróide , bem podiamos passar sem essa . Melhor assumir as gordurinhas , afinal graças ao Ronaldinho , hoje posso ostentar um corpo de atleta !

abração !

Anunciação on 19 de fevereiro de 2011 15:17 disse...

Post irretocável,principalmente no que se refere à saga sarneyana.Há tempos não leio algo sobre o dono do mar anhão nesses termos.Mas me recuso a perder a esperança.Valeu a pena tê-lo no meu painel.

LuCordeiro, on 19 de fevereiro de 2011 20:19 disse...

Aff,Dil,o camaleão de fogo do inferno não pendura as chuteiras pq não as tem.Faz tudo tão na maciota que usa sapatilhas,o cínico.Esse zelaya brasileiro vai mudando a casca conforme precisa para continuar poderoso e deitar e rolar às custas do Maranhão e do Brasil.Só sai morto,aposto.E aí deixa suas crias para continuarem com a$ farra$.Vai ter mau humor um sujeito desses?Ele ri da nossa cara,isso sim!
Agora,qto ao Ronaldão,até hj não entendi,como o Jens,o piripaco que ele deu na França.Abafaram o caso,mas que foi esquisito,foi.Aliás,o cara tem umas coisas meio estranhas,como confundir melancia com banana. E,para falar a verdade,não acredito mto em fenômenos brasileiros depois de Garrincha e Pelé.Qdo vejo algum tape desses dois jogando me pergunto o que aconteceu com a arte do futebol que acabou ali.Enfim...
bjsss.

Dilberto L. Rosa on 19 de fevereiro de 2011 23:27 disse...

Concordo em parte com você, cara LuCordeiro, quanto a Pelé e a Garrincha: mas ali são deus e anjo, respectivamente, não dá para comparar com o futebol que se seguiu, de correria, imposição corporal e muito, muito dinheiro... Guardadas as devidas proporções, Ronaldo foi, sim, um "fenômeno": pequeno, diante de tantos astros geniais (Leônidas, Vavá, Didi, Di Stéfano, Gerson, Rivelino, Puskas, Cruijff e tantos outros de um tempo em que Futebol se jogava com arte), mas alguém que se destacou bastante... Abração!

ANTONIO NAHUD JÚNIOR on 20 de fevereiro de 2011 13:36 disse...

Por onde andas, sumido? e os novos posts sobre cinema?
Abraços e apareça

www.ofalcaomaltes.blogspot.com

Antonio Nahud Júnior on 20 de fevereiro de 2011 18:02 disse...

Meu amigo, Sarney tô fora... Cruz credo! E Ronaldo...nada entendo de futebol. Mas estarei sempre por aqui quando o assunto for cinema ou outra arte.
Abração

www.ofalcaomaltes.blogspot.com

Francilene Suri on 20 de fevereiro de 2011 18:46 disse...

Primeiro obrigada pelas palavras!
Fiquei muito feliz, rs.
Então infelizmente eu não sou muito de politica e nem futebol, mas entendi a piada, muito boa por sinal!

Talvez fosse hora do Ronaldo sair mesmo.
Gostei do texto, cara você escreve muito!

Parabéns por mais uma vez expor a tua opinião de forma tão limpa e fácil de entender!
Beijos!

Ruby on 21 de fevereiro de 2011 12:33 disse...

Boa pergunta, Dilberto, Quando?? E algúem saiu no final da piada.
Ele anda anunciando que será o melhor mandato, ela anuncia o melhor governo, pois serão os últimos pra ambos, agora ninguem sabe pra quem será essa promessa.
Vai que será pra eles.
Um se entrega em plena idade de trabalho e os outro quase batendo as botas não larga o osso.
Ronaldo:
Quem viu os programas na TV esse fim de semana passado e não conhecia o contexto (difícil)
poderia até achar que o Fenômeno havia morrido de tão aclamado que foi/é. O cara merece!

Marco on 21 de fevereiro de 2011 17:17 disse...

Fala, primo!
Prazerzão em voltar a te ler.
Sobre o Sarney, só posso te dizer que ele é imortal. Não adianta, esse desgraçado não morre!
Quanto ao Ronaldo, foi, sem dúvida, um grande jogador. vi no Fantástico ele se colocando entre o segundo e o terceiro melhores jogadores brasileiros de todos os tempos. Bem, eu não o coloco nem entre os dez maiores que eu vi jogar. mas reconheço que ele foi grande.
Maravilha rever o Canal 100. Um dia faço um post sobre ele pro Antigas Ternuras.
Bem, primo, imagino que você esteja feliz com a decisão da CBF de reconhecer o campeonato de 1987 do FLAMENGO. Você já até escreveu sobre isso uma vez. VOCÊ VAI FICAR FELIZ DE VER A TAÇA DE BOLINHAS IR PARA A GÁVEA, CASA DO FLAMENGO. Sou HEXA, primo! De fato e agora de direito.
Carpe diem. Aproveite o dia e a vida.

layla lauar on 21 de fevereiro de 2011 23:47 disse...

eu gosto tanto de futebol quanto de política. Ronaldo vai ter a minha eterna admiração, apesar de ter jogado, no Brasil, só em times que detesto... Flamengo (início de carreira)Cruzeiro e Corintians. e quanto ao Sarney, sou muito educada para externar o que penso sobre esse senhor...rsss

é sempre muito bom ler você.

1 beijo

Zélia Guardiano on 22 de fevereiro de 2011 16:18 disse...

Bravo, Dilberto!
Bravo!
Sábias palavras, as suas!
Texto que eu gostaria deassinar embaixo.
Enorme abraço!

Jandira disse...

O que seria do Maranhão e do Amapá sem Don Bigodon hein, meu caro Dil? Difícil responder a esta pergunta porque desde que me entendo por gente, nosso Maranhão vive sob o jugo desse povo... É incrível como este senhor de bigodes detém 2 unidades da federação nas mãos e consegue controlar o Brasil inteiro!Quando partir, seja lá de que jeito for, irá tarde! Já Ronaldo, ao deixar o futebol, o deixa mais triste e com uma lacuna que poderia ainda ficar preenchida por um tempo...Excelente escolha da charge, combinando com o texto.

Claudinha ੴ on 22 de fevereiro de 2011 21:09 disse...

Olá Dilberto!
Li seu post. Afastei-me do meu note e fui ligar o pc dos filhos. Sim, o tema do canal 100 é ternura antiga, eu tinha que ouvir em caixas de som potentes! Você não tem a mínima ideia do que esta música me causa! Eu ia com meu pai ao cinema e ele colocava o som antes das projeções. Surge em mim um misto de esperança e ansiedade, como se eu ainda tivesse 6, 7 anos e estivesse naquela sala antiga de projeção, vendo as pessoas de cima e esperando o filme começar! Obrigada!
Sobre o Bigodudo, eu não imagino ele fora da política, pelo menos enquanto vivo. Ronaldo? Um craque, mas que foi massacrado pelo treinamento e exigências da profissão. Corpo tem limites, resultado, pifou muito cedo. Porém deixou seu legado! Merece lugar de honra sim!
Beijos!

Ilaine on 24 de fevereiro de 2011 13:15 disse...

Ronaldo foi um grande jogador, sem dúvida. No verão aqui, vejo seguido meninos com a camiseta verde-amarela- e que emoção- e nas costas o nome Ronaldo. Ainda é muito lembrado. Quanto ao Sarney! Por que não vai?? Beijo

MARCOS DHOTTA on 25 de fevereiro de 2011 00:09 disse...

O ocaso vem pra todos meu bem. Um dia ele há de chegar... O Ronaldo propôs o dele. Será felizzzzzzzz. Já o Sarney? Hummmmm! Se não houver propostas, nós imputamos. Ora bolinhas!!! Chega de bigodes de arame fungando no cangote do senado. ARG!!!!!!!!

miguel on 25 de fevereiro de 2011 12:39 disse...

Infelizmente esse velho cangaceiro e capitão do mato tem suas amarras bem presas nos alicerces do poder. Isso tudo fruto das inúmeras trocas de favores com outros desnaturados politiqueiros tupiniquins. Com relação ao Ronalducho, sempre apreciei seu trabalho, mas imagino que ele poderia ter abandonado o futebol no auge da forma, e não melancólica e constrangedora como o fez.Meu abraço caríssimo. Maravilhoso texto.

Canto da Boca on 25 de fevereiro de 2011 21:36 disse...

Texto impecável, Dilberto! Tuas palavras são também minhas. A exemplo de tantos outros coronéis, um dia esse irá, nao é Matuzalém, e nem virará múmia...
Considero Ronaldo um grande jogador, só acho exagero chamarem-no de fenômeno, esse "adjetivo" aplica-se bem ao Leônidas, Vavá, Didi, Garrincha....

Abraço.

 

Google+ Followers

+ voam pra cá

Web Pages referring to this page
Link to this page and get a link back!

Quem linkou

Twingly Blog Search http://osmorcegos.blogspot.com/ Search results for “http://osmorcegos.blogspot.com/”
eXTReMe Tracker
Clicky Web AnalyticsBlogBlogs Join My Community at MyBloglog!Personal Blogs - BlogCatalog Blog Directory

Outras cavernas

luzdeluma st Code is Copyright © 2009 FreshBrown is Designed by Simran