sexta-feira, 29 de junho de 2007

Aos Bons Velhinhos!


Vocês já são donos dos céus...


Foram tantos os aniversariantes ilustres deste mês de junho, os quais admiro ainda mais por produzirem nas lindas e avançadas idades que já alcançaram, que mal deu para relembrar aqui entre os Morcegos. Mas aqui vai o meu singelo reconhecimento a artistas que já passaram dos 80 anos e seguem com arte...

O primeiro, juntamente com sua família, é um "ser-vivente do Nordeste", contra as opressões desde a mais tenra idade, e, em Taperoá (PB), descobriu que, através da arte dos mamulengos, das encenações circenses e dos desafios de viola, era possível falar de um povo sofrido, porém lutador, com humor, poesia, teatro e, acima de tudo, genialidade! Ariano Suassuna é o imortal (cadeira 32 da ABL) por trás de obras fantásticas como O Romance d'A Pedra do Reino e o Príncipe do Sangue do Vai-e-Volta (filmado com mãos pesadíssimas por Luís Fernando Carvalho), O Santo e A Porca e Auto da Compadecida (imortalizada através da versão definitiva em TV e Cinema com Matheus Natchersgalle, Selton Mello e grande elenco global), três livros que li e reli tantas vezes, sem esquecer os feitos poéticos, o Movimento Armorial (criação de arte erudita a partir de elementos da cultura popular nordestina) e as entrevistas sempre espirituosas! Fala, Ariano!

Outro belo nordestino octogenário merece todas as reverências – embora ele as deteste! Francisco Brennand, assim como Suassuna, desistiu do Direito e abraçou a Arte (ai, ai...), reerguendo a velha Cerâmica São João da Várzea de seu pai e, tal como um herói dos quadrinhos, lá fez sua gigante caverna de lindos ofícios em painéis, desenhos e esculturas, e também seu refúgio, às margens do Capibaribe e diante da mata atlântica, criando assim mais que um ponto turístico belíssimo: uma cercania viva de cultura em perene evolução e aberta a todos! A Brennand, que adora uma conversa com os visitantes!

E o que dizer de alguém que passou dos 80 há muito tempo?! "Por...", "Caral...", "Filha da P..."?! Infelizmente, Dercy Gonçalves se resume a isso para a maioria das pessoas, que esquecem o passado difícil de luta e de caráter precursor num País cheio de censuras e repressões, o talento absoluto e verdadeira escola do improviso na Comédia, tanto no Cinema (noutro dia ri muito com A Baronesa Transviada, numa reprise madrigal da Globo) como na TV. Esquecida por causa da mais-que-sem-graça Ditadura, Dercy tornou-se um ícone do escracho nos anos 80, onde passou de excelente comediante a apenas uma figura decorativa verborrágica em programas de auditório! Por isso digo que esta centenária (ela mesma afirma ter mais de 102 anos, em razão de um atraso de seu registro pelo pai) é "a superestimada mais subestimada" da História da Comédia brasileira! Salve, Dercy, tu que ainda és capaz de fazer rir com tua lucidez de mandar tudo à p... que pariu!!!


"Para Sérgio, Obrigada por Tudo! Julie Newmar"


Sérgio Ronnie é meu grande amigo há mais de quinze anos. Rompeu com o mundo, queimou seus navios e seguiu viagem para o Rio para a realização de um sonho de nossas adolescências: estudar e trabalhar com áudio-visual! Só neste mês, depois de quase 6 anos, pisou novamente solo maranhense... O Sérgio, infelizmente, passa longe de um Ziraldo que clama sua Caratinga aos quatro ventos...

Vítima de um "estropiamento de ouvido" quando da viagem para cá, cortesia da GOL, somado a um "choque térmico-cultural", Serjão temeu fantasmas da Terra da Cantaria e acabou tecendo um solitário auto no alto da São Pantaleão, sem sair de casa, matando bem a saudade que consumia sua bela família, que prezo tanto. Fiel, não virou pescoço para índias deslumbrantes, nem pegou no maracá, mas ensaiou enquadramentos fantásticos de um futuro filme sobre uma tragédia de amor à Catirina, exaltando nosso bumba-meu-boi tal como Vinícius fez com seu Orfeu no carnaval. Talvez assim encontre redenção com sua terra esquecida, esmaecida... A mesma onde presenciou, juntamente comigo, a inesquecível estréia dos Cinemas Colossal!

Mas não posso condená-lo (apesar de muita provocação!): afinal, Sérgio lembra muito os Transformers de nossos queridos anos 80 – e como lembra! Sérgio é Optimus e precisa de sua reserva de Energon, caída na Terra há milhões de anos e armazenada nas profundezas de Copacabana, único posto onde pode respirar livremente... Eu vou ficando por aqui ("e que Deus do céu me ajude: quem sai da terra natal em outros campos não pára..."), esperando por um Rio antigo, enquanto meu amigo aguarda uma São Luís do futuro... 'Farewell, my goodfella'! E segue um soneto em anexo nos comentários...

Amigos & Leitores

 

Google+ Followers

+ voam pra cá

Web Pages referring to this page
Link to this page and get a link back!

Quem linkou

Twingly Blog Search http://osmorcegos.blogspot.com/ Search results for “http://osmorcegos.blogspot.com/”
eXTReMe Tracker
Clicky Web AnalyticsBlogBlogs Join My Community at MyBloglog!Personal Blogs - BlogCatalog Blog Directory

Outras cavernas

luzdeluma st Code is Copyright © 2009 FreshBrown is Designed by Simran