domingo, 12 de fevereiro de 2012

Todos os Bonds...

Recentemente, depois da postagem Believe it or not..., descobri que era eu o "extraterrestre", por conhecer (e curtir) o (nem tão famoso assim) seriado oitentista Super-Herói Americano... Mas, tão logo tomei conhecimento dos 50 anos do espião mais famoso do Cinema, perguntei-me se alguém, por acaso, confundiria o personagem ou a franquia com algum filme policial visceral cheio de continuações à lá Máquina Mortífera ou se equivocaria com outra franquia famosa dos anos 80, como os da série do Indiana Jones (se bem que Spielberg confessou seu fascínio pelo tal espião quando do lançamento de Caçadores da Arca Perdida)...

Acho que não: afinal, James Bond... Todo mundo conhece, né? Pode até desconhecer o fato de que, desde a primeira adaptação para o Cinema, em 1962, do personagem literário de Ian Fleming, já tenham sido feitos 23 filmes (O Satânico Dr. No; Moscou contra 007; Goldfinger; 007 contra a chantagem atômica; Com 007 só se vive duas vezes; 007 a serviço secreto de Sua Majestade; Os diamantes são eternos; Viva e deixe morrer; O homem com a pistola de ouro; O espião que me amava; 007 contra o foguete da morte - o pior de todos! -; Somente para os seus olhos; Octopussy; 007 na mira dos assassinos; 007 marcado para a morte; Permissão para matar; GoldenEye; O amanhã nunca morre; O mundo não é o bastante; Um novo dia para morrer; Cassino Royale; Quantum of Solace e Nunca mais outra vez, filme "extra-oficial", fora da série produzida por Saltzman e Broccolli), com vários astros vivendo o espião mais famoso do Cinema (Sean Connery - para mim e para a maioria, o melhor -, Roger Moore, George Lazemby - um estranho desconhecido... -, Timothy Dalton, Pierce Brosnan e Daniel Craig - o mais humano) e inúmeras 'bondgirls' (aquelas que são parceiras na aventura e na cama... Minhas favoritas são as belas modelos Barbara Bach (Anya Amasova, de O espião que me amava) e Eva Green (Vesper Lynd, de Cassino Royale)... Mas qualquer mortal sobre a face da Terra já viu pelo menos um filme e já ouviu, alguma vez, a célebre frase "Meu nome é Bond... James Bond"...

Sou fã do personagem e da série - embora jamais tenha lido um romance do Fleming... - e, apesar de gostar um pouco de todos (desde algumas abobrinhas pirotécnicas datadas das décadas de 60/70 até os mais verossímeis e atuais), tenho como meus favoritos Moscou contra 007, O espião que me amava e Cassino Royale. Aguardo ansiosamente o novo filme da franquia, Skyfall, que promete bastante para este ano, com um super-elenco que inclui nomes como Javier Bardem, Ralph Fiennes e Albert Finney... Mas, enquanto outubro não chega, foi lançada recentemente, em comemoração aos 50 anos do personagem no Cinema, uma coleção para ninguém botar defeito: todos os filmes do espião pela primeira vez em 'blue-ray', numa luxuosa embalagem, com mais de 130 horas de material adicional (os deliciosos "extras")... Mas, enquanto espero o preço baixar, o melhor é matar as saudades com a excelente edição dos comerciais deste imperdível 'box' comemorativo desta legítima instituição cinematográfica - Bond; todos os Bonds...



|

15 comentários:

Filmes Antigos Club on 12 de fevereiro de 2012 15:08 disse...

Amigo Dil!

Posso lhe assegurar que o James Bond dos livros originais de Fleming tem muito pouco a ver com os Bond quase "Super-Homem" que o cinema desde Sean Connery procurou eternizar.

Veja que mesmo os traços desenhísticos traçados pelo próprio autor não batem com um homem acima dos perigos. Bond era um agente astuto, porém bem humano e a ponto mesmo de afrontar com seus sentimentos. Não muito a ver com as personificações de Connery, e muito menos, com o de Roger Moore.

Entre todos os intérpretes que chegam próximo a concepção de Fleming, posso dizer que Timothy Dalton foi o que chegou mais perto da humanidade de Bond.

Mas é claro, que cinema é cinema, e livro...é livro. É a mesma coisa quanto ao personagem Tarzan criado por Edgar Rice Burroughs, que ao lerem os romances originais, jamais verão Johnny Weissmuller no papel, entretanto foi esse que mais se afamou no personagem, assim como Sean Connery, indiscutivelmente um nobre ator, se afamou como o mais popular 007, contudo se lermos os livros de Fleming, não se idealiza Connery como Bond.

Mas sou fã do personagem, e de Sean Connery.

Abraços meu nobre

Paulo Néry

on 12 de fevereiro de 2012 16:21 disse...

Não sabia que seria lançado mais um filme de Bond este ano. Concordo com você: Sean Connery é o melhor.
Dilberto, já conhecia você e seu blog por intermédio do Júri de Cinéfilos e sempre admirei seu trabalho. Quanto ao selo, não se preocupe: um dia ele chegará até você. Seu blog tem alguns selos que me invejam... Mas é inveja boa!
Beijos!

Henrique Spencer on 12 de fevereiro de 2012 20:53 disse...

Não sou um grande fã do 007, mas gosto de alguns dos filmes. Acredito que não vi nem metade dos filmes e tenho dificuldade de separar as estórias de alguns dos filmes. No entanto, sou um grande fã do Cassino Royale e da brutalidade do Bond de Daniel Craig. Gosto muito dessa trilogia moderna e estou aguardando ansiosamente o terceiro filme, que é o desfecho dessa estória sobre a organização secreta que está acima de governos e outros gângsters.

Sonia on 12 de fevereiro de 2012 21:43 disse...

Ai Bond...adoro!!kkk


Boa noite...

As Tertulías on 13 de fevereiro de 2012 14:13 disse...

Sou muito fa de "Bond". Connery ainda é para mim o perfeito 007...

Jefferson Clayton Vendrame on 13 de fevereiro de 2012 18:12 disse...

Dilberto, como vai?
Vim agradecer por começar a seguir minha página, agradeço tbm seu comentário. Seu blog é ótimo já estou seguindo e procurarei olhar com tempo todos seus posts.
Grande abraço...

Ruby on 13 de fevereiro de 2012 19:48 disse...

Eu gostava muito dos filmes do agente secreto 007, mas até a segunda "geração" (Sean Connery/Roger Moore),foram os melhores filmes.Depois perdi o interesse.
Sim, peguei uma sinopse vagando por aí, num desses sites que falam de filmes porque não vi o filme e não dá pra fazer a minha própria, depois que eu assisti-lo, talvez fale de novo sobre.

ANTONIO NAHUD JÚNIOR on 13 de fevereiro de 2012 21:53 disse...

Gosto muito de James Bond. O Sean é o melhor de todos, mas o Roger Moore também é muito bacana.

Cumprimentos cinéfilos e apareça!

O Falcão Maltês

Mione on 13 de fevereiro de 2012 23:12 disse...

Ok, admito, sou um alien!
nunca vi um filme do James Bond D:
Mas não escapo dele porque tá no livro, então verei, invariavelmente.
Muito boa a postagem, não sabia que já tinha tudo isso de filme G_G
Achava que era só uns 10, mas 23? Nunca adivinharia hahaha

abraço!

Carla Marinho on 14 de fevereiro de 2012 13:56 disse...

Dilberto, muito bem vindo!

Érica on 14 de fevereiro de 2012 16:08 disse...

Não conheço muito bem, seria bond um policial? kkk. Brincadeira. Olha, se Javier Barden vai participar, eu assisto. Quanto ao que li aqui, só aumentou minha curiosidade de saber um pouco mais sobre esse "super-herói".

Beijos

Wilson Antonio on 15 de fevereiro de 2012 15:01 disse...

Nossa! Que fantástico sonho essa caixa comemorativa com os Blue dics, hehehe... Já entra imediatamente para a minha wishlist. ótimo texto! grande abraço

Claudinha ੴ on 15 de fevereiro de 2012 21:43 disse...

Olá Dil! Para mim, só houve um agente. O personificado no cinema por Sean Connery. Para mim, teve um, uma música que me encantou... Goldfinger... E ah, como eu queria ser uma Bond girl! Sei que há divergências entre o herói dos livros e da telona, mas não conheço o dos livros. Espero que consiga logo este Box! Um beijão...

* Não ouvi a música!

Ilaine on 17 de fevereiro de 2012 05:55 disse...

Dilberto!

Eu nunca fui muito de ver James Bond. Mas como meu marido e Matheus são grandes fãs, acabei por me interessar também. Sim, penso que Sean Connery é o melhor de todos. E, imagina, depois que encontrei Mads Mikkelsen aqui em meu bairro, caminhei lado a lado dele - claro quase não conseguindo respirar de tanta emoção, Casino Royale tem outro sentido para mim. Era como se estivesse no filme... ao lado de Le Chiffre. Tu já conheces esta história, não é?

Abraço forte

Luci on 17 de fevereiro de 2012 16:53 disse...

nunca haverá Bond como Connery!
li os primeiros, mas ai Sean me fisgou.
depois q ele deixou a pele de Bond, foi um parto ir ao cinema, mas Pierce me fez acreditar novamente que Bond era ótimo!
não, não gosto do Craig e ai assisto depois que tá lá na locadora cheio de pó.
eu, a vingativa!
bj

Amigos & Leitores

 

Google+ Followers

+ voam pra cá

Web Pages referring to this page
Link to this page and get a link back!

Quem linkou

Twingly Blog Search http://osmorcegos.blogspot.com/ Search results for “http://osmorcegos.blogspot.com/”
eXTReMe Tracker
Clicky Web AnalyticsBlogBlogs Join My Community at MyBloglog!Personal Blogs - BlogCatalog Blog Directory

Outras cavernas

luzdeluma st Code is Copyright © 2009 FreshBrown is Designed by Simran