sexta-feira, 18 de julho de 2008


Eles estão de volta...

Além dos heróis e vilões que dominarão as telas do mês de julho, os filmes de férias desta leva garantem alguma qualidade a Hollywood...


Nesta sexta, dia 18, aporta nas telas brasileiras certo número de filmes, de diferentes origens (franceses, alemães, inclusive um nacional sobre o universo de uma blogueira...). Mas uma estréia chama atenção em particular: primeiro, por causa da "campanha viral" em torno do badalado personagem, num 'blockbuster' com lançamento mundial neste mesmo dia; segundo, porque inúmeras cidades brasileiras (entre elas, a província em que me incluo) nem mesmo sentirão o cheiro de outro lançamento que não o arrasa-quarteirão Batman O Cavaleiro das Trevas. Por isso (e, além de ser um fã legítimo do melhor herói dos quadrinhos, porque também estava ávido por ver a seqüência do ótimo Batman Begins – eu e a torcida do Vasco da Gama...), o Homem-Morcego terá o merecido destaque por aqui... Mas, como o melhor sempre fica para o final, deixem-me abrir um breve espaço para os bons exemplares dos ditos "filmes de férias" a que tive o prazer de assistir...

Um dos mais esperados 'remakes' até que não decepciona: Em Agente 86,o melhor comediante da atualidade, Steve Carrel, substitui à altura o falecido Dom Addams do engraçado seriado da década de 60 de Mel Brooks (aqui consultor) – entretanto, recomendado apenas aos saudosistas da série ou aos fãs das comédias ligeiras e previsíveis da atualidade (isso mesmo, o filme consegue ser um pouco dos dois!). Outro que não agradou a todos foi o interessante Fim dos Tempos: com uma boa premissa sobre o que andaria levando pessoas nos EUA a se matarem, uma família foge de uma "ameaça fantasma" que lembra muito filmes como Invasores de Corpos e Os Pássaros... Pretensioso? Fiquei com o que o diretor Shyamallan quis mostrar: "Uma homenagem aos filmes B de antigamente"... E se o Gigante Esmeralda não é tão bom quanto o seu congênere Homem-de-Ferro, O Incrível Hulk "reconta" a saga de Bruce Banner sem os maneirismos (e a inteligência) de Ang Lee! Isso tudo sem esquecer que férias são tempo para levar a criançada para as salas escuras, e nada mais legal que ver uma boa animação: se Kung Fu Panda está mais para a comédia de Shreck, o belo Wall-E mantém a tradição de encanto da Pixar, com uma animação "adulta" (aguarde 'post' exclusivo)... Agora, segue o Morcego...


Do título já pululava na cabeça de qualquer fã que se preze uma dúvida atroz: seria este filme uma adaptação da excelente ‘graphic novel’ O Cavaleiro das Trevas, de Frank Miller? Adianto que não. Na verdade, trata-se do que se pode chamar de “grande apanhado” de várias épocas dos Quadrinhos, sem ser um legítimo seguidor de nenhuma delas – tal como foi, de certa forma, o bom roteiro do primeiro filme, baseado bastante em "Batman Ano Um", cujo roteirista principal deixou o cargo desta vez – o que em nada compromete, uma vez que o diretor assume o roteiro com a seriedade e o realismo devidos. Entretanto, inúmeras serão as citações àquela estória – o caos absoluto em que Gotham imergiu; a moto; a imprensa cativa; os “aspirantes” a Batman; a “marginalidade” do personagem (o "cavaleiro negro" do título)... –, especialmente o duelo mais esperado: Batman X Coringa... Algo que transcende qualquer adaptação de HQs já vista...

Nem falo dos ótimos diálogos postos na boca retalhada (Oscar de Maquiagem?) do "mal encarnado", sem passado definido, um Coringa quase espectral (outro Oscar? Agora, realmente espectral, já que o excepcional Heath Ledger, de Brokeback Mountain e Casanova, morreu bem antes de o filme estrear...) ou dos embates entre herói e vilão durante o excelente filme de pouco mais de duas horas e meia (que passam quase sem que percebamos a duração e o mergulho na ótima trama), mas, sim, do clima aterrorizante usado para o ótimo Palhaço do Crime: tão assustador que repelirá as crianças (ainda mais) dos cinemas, o plano do Coringa mais-que-realista deste filme é só um, criar o caos, com um prazer sado-masoquista e psicótico nunca antes visto em nenhuma revistinha! E com direito a uma excelente trilha personalizada (da mesma dupla Zimmer/Newton-Howard do primeiro longa), tão soturna e estranha, como os acordes dissonantes que se ouvem ao fundo de 2001 – Uma odisséia no espaço, do mestre Kubrick...

E é também de olho no Kubrick que percebi outra coisa inusitada: uma inevitável comparação entre este Coringa e o louco Alex, The Great de Laranja Mecânica: quem assistiu a esse clássico sabe o quanto era duro torcermos para aquele anti-herói e até mesmo rirmos de suas mortais brincadeiras repletas de violência... Duvido quem não ria ou se envolva com a nova versão do vilão (devidamente homenageado nos créditos e um forte candidato a vários prêmios póstumos): se a magia do personagem antigo, que usava veneno para matar as pessoas com um sorriso foi substituído por algo mais... grotesco, ninguém perderá com o esquecimento dos revólveres com "bang"!

Mas existe vida além do Coringa (cujo rosto maquiado deu as caras nas caras débeis de alguns 'nerds' da primeira sessão a que assisti!): todo o elenco está afinado, com destaque a um bem adaptado Duas-Caras e à substituta da Sra. Tom Cruise, que faz uma Rachel Dawes mais presente (Maggie Gillenhaal, enfeiada...), a edição continua ágil (com muita ação e boas subtramas, além de um Bruce Wayne mais rápido que John McClane em raciocínio!) e o diretor/roteirista Nolan (o mesmo do mini-clássico Amnésia) imprime sua marca para futuras continuações continuarem a respeitar um personagem trazido ao realismo como nenhum outro herói de quadrinhos fora antes (apesar de um ou outro exagero 'high-tech', como aquela armadura...). E, o que é melhor, num filme excelente, capaz de agradar mesmo àquele que nunca leu um gibi em sua vida!

|

1 comentários:

Jú Carvalho on 21 de julho de 2008 14:02 disse...

Eu li... li...tentei³, mas só entendi 1/2 :$. Meu repertório cinematográfico se resumi as comedias rômanticas adolescentes americanas, e aos filmes com contexto histórico. E isso é sério, pq ne mBatman eu assiti, nem o da sessão da tarde rs!

Amigos & Leitores

 

Google+ Followers

+ voam pra cá

Web Pages referring to this page
Link to this page and get a link back!

Quem linkou

Twingly Blog Search http://osmorcegos.blogspot.com/ Search results for “http://osmorcegos.blogspot.com/”
eXTReMe Tracker
Clicky Web AnalyticsBlogBlogs Join My Community at MyBloglog!Personal Blogs - BlogCatalog Blog Directory

Outras cavernas

luzdeluma st Code is Copyright © 2009 FreshBrown is Designed by Simran