quinta-feira, 31 de maio de 2018

Das Lombadas ao Aniversário

Resultado de imagem para relógio mickey escoteiros-mirinsResultado de imagem para biblioteca dos escoteiros mirins
Quisera eu que minha coleção ainda estivesse com essas cores vivas...

O ano era 1986 e eu tinha de 8 pra 9 anos: lembro-me bem da idade por causa do relógio digital amarelo, de pulseira emborrachada, que eu ostentava, na terceira série, por causa da exclusividade! E também, é claro, por ele ser derivado daquele presente incrível, cortesia da minha finada avó Raquel: uma enciclopédia, a Biblioteca dos Escoteiros Mirins (1985), reedição compilada, em capa dura, dos antigos Manuais Disney da década de 70, que guardo até hoje - e que, além do reloginho, ainda dava como brindes um quebra-cabeça e um carregador de livros (três coisas que, infelizmente, não mais possuo...). Muita gratidão: ali estavam, diante de mim, 20 volumes sobre todos os assuntos que um menino que adorasse ler naquela idade vibraria em conhecer: truques de mágica; grandes inventores e invenções; os maiores nomes da História do Futebol e dos Esportes em geral; personagens da Mitologia grega etc. Só havia um probleminha: ansiosa quanto ao impacto da surpresa, para que eu visualizasse, de imediato, a ilustração completa formada com a junção de todas as lombadas (Donald, Margarida e os sobrinhos escoteiros: vide foto acima), minha avozinha, que morava no Rio, se precipitou em mandar todos os livros já montados, em cima da estantezinha vermelha, na encomenda! Como o plástico frágil não aguentou o longo transporte, a pequena estante rachou em dois pontos, deixando este já colecionador-em-formação em frangalhos, uma vez que ficava tudo sem muita firmeza...

30 anos depois: à beira dos 40 e das falências econômica, profissional e como pessoa, eis que as editoras começam a carrear para o Brasil um filão já explorado lá fora: o "mercado nerd" de relançamentos de Quadrinhos! E, apelando para o então em alta gênero Super-Herói, o primeiro grande lançamento nacional foi Marvel Graphic Novels, 60 volumes encadernados em capa dura, de alguns ótimos arcos famosos (e outros nem tanto: fracos e caça-níqueis revistas dos últimos 15 anos), cujos dorsos traziam o herói protagonista da vez, num quadrinho mais acima, juntamente à parte de um grande mosaico, com a arte de Gabrielle Del'Otto, estampando alguns dos principais medalhões da "Casa das Ideias" em ação. Infelizmente, ao contrário do que se deu com a bela encadernação da antiga Editora Abril e seus escoteiros-mirins (que, por sua vez, também foi relançada recentemente), a Salvat teve enxurradas de reclamações pelos problemas com a ilustração dos lombos: a cada edição, os colecionadores iam percebendo que a ilustração nunca se ajustava - uma hora era o braço do Wolverine mais pra cima; na outra, o ombro bem mais pra baixo... Eu mesmo fui vítima! Curiosamente, mesmo com estes e outros problemas (como os constantes aumentos de preços e os excessivos atrasos nas bancas regionais, muitas vezes com a chegada de três volumes numa só semana!), ainda foi lançada uma coleção complementar, com mais 60 volumes - agora, voltada para os "clássicos" (mais uma vez, alguns bem longe disso...) das décadas de 60 e 70 -, que, ainda em andamento, já me fez desistir pela metade do caminho, tendo parado no volume XXVII, até onde dava para brecar o mosaico sem maiores "perturbações visuais" para a minha prateleira...

Dorso, lombo, lombada... Palavras diferentes para designar uma parte do livro que, antes, mal trazia a identificação do título e de seu autor, mas que há muito passou a carregar pequenas ou grandes ilustrações a fim de criar um visual em formação, dando continuidade para que algumas séries de títulos ficassem mais visíveis e bonitas na estante - sem mencionar a "obrigação" imposta aos compradores de não deixar de comprar um só volume, visando a não desfalcar o visual completo! E tome no lombo um crescendo normalmente escorchante de preços até que uma coleção, especialmente em HQs, viesse a se completar! Sim, porque, do lado de cá da realidade, é um bocado difícil manter-se um "super-herói" com as contas acumulando e o espaço de casa diminuindo para tanta coisa! O certo foi que, no meu caso, chegou um ponto em que livros, quadrinhos e miniaturas se acumularam de uma vez, entre os excessos de lançamentos dos últimos dois anos e a minha controlada cobiça (não compro tudo; vou criando parâmetros e me impondo limites), sem contar com a absoluta falta de tempo para sequer desfrutar do que comprava... Hoje, ao ver a eterna bagunça em que me meti no meu gabinete-escritório de casa, sinto uma melancólica angústia de jamais poder vir a me reencontrar com aquele guri de 8 pra 9 anos plenamente organizado com cada coisa em seu lugar - e capaz de se condoer por simples rachaduras na estantezinha da sua primeira coleção de livros! 

Hoje, recém completados 41, é outra criança de 8 anos, que não eu, que me encara a quase sempre me fazer a mesma pergunta: - Pai, quando é que você vai dar um jeito nessa bagunça...?! - questiona Isabela quando adentra a minha "Fortaleza da Solidão" para ler alguma coisa ou jogar no computador, e para quem, infelizmente, costumo dar somente respostas evasivas, tantas as desordens... Afinal de contas, organizar as lombadas da vida na luta para que a ilustração se acerte e deixe pelo percurso uma bela ilustração não é mesmo tarefa para uma criança! Mas é com essa menina que passei a aprender sobre o tempo e que, ainda que tivesse poderes de um super-homem, a fazer o mundo girar ao contrário e voltando no tempo até ser novamente aquele garotinho e recomeçar tudo, eu poderia jamais colecionar em minhas mãos sorrisos tímidos, birras reflexivas, olhos cheios de luz e beleza, questionamentos repetitivamente adoráveis e graciosidades escalafobéticas como as que recebo todo santo dia por esses "superpoderes" dela! E ela, assim como minhas coleções, nunca para de crescer! O mais engraçado é vê-la hoje a folhear algum livro velho da Biblioteca dos Escoteiros-Mirins nesses frios e imediatistas tempos de Google ou gostando do universo super-heroístico, que conhece desde a época em que comecei a comprar essas graphic novels...
Resultado de imagem para salvat graphic
E essa "saga" meio que continua, numa espécie de "postagem de extensão", tal qual nas intermináveis coleções atuais de relançamentos editoriais, em outro blogue amigão da vizinhança que eu tento escrevinhar por entre os destroços do meu escritório: clique em www.osuperpai.blogspot.com.br e viaje junto!

Postagens mais visitadas

 

Google+ Followers

+ voam pra cá

Web Pages referring to this page
Link to this page and get a link back!

Quem linkou

Twingly Blog Search http://osmorcegos.blogspot.com/ Search results for “http://osmorcegos.blogspot.com/”
eXTReMe Tracker
Clicky Web AnalyticsBlogBlogs Join My Community at MyBloglog!Personal Blogs - BlogCatalog Blog Directory

Outras cavernas

luzdeluma st Code is Copyright © 2009 FreshBrown is Designed by Simran