quarta-feira, 20 de abril de 2011

Música, Humor, Reis e Futebol




Algumas postagens atrás, disse em forma de verso que "O mundo é uma bola/ e meu coração rola pra lá e pra cá"... Mesmo jamais tendo sido o grande artilheiro dos campinhos de rua ou das quadras de colégio (minha perna-de-pau costumeiramente me levava, no máximo, à zaga ou ao gol), sempre gostei de Futebol e fui apaixonado pelo Clube de Regatas Vasco da Gama (um legítimo "vascaíno fajuto", como diz meu amigo Henrique, uma vez que não sou carioca, mas maranhense). Não só eu, como várias personalidades ilustres que também admiro...

E este mês de abril vai chegando ao fim de forma especial: além da arrancada do "Trem-Bala da Colina" rumo à Taça Rio, aquelas "personalidades especiais" fazem aniversário - Roberto Carlos, cruzmaltino e eterno Rei da Juventude e da Jovem Guarda (pois, pra mim, o Rei da MPB, na sua essência, é Chico Buarque), mesmo com todos os defeitos (a péssima qualidade dos últimos 20 anos; o ditatorismo contra a recente biografia na Justiça; os plágios...), merece todas as láureas pelos 70 anos completados ontem; outro Roberto, o Dinamite, também comemorou aniversário recentemente, sem esquecer de continuar driblando na difícil arte de conduzir o amado time onde ele foi rei, agora com 57 anos.

Outro vascaíno de nome a comandar a festa em abril é um dos maiores Mestres da Comédia nacional: Chico Anysio, recém chegado aos 80 (dia 12) e saído de uma dura jornada hospitalar - uma pena que seu humor de caracterização esteja enferrujado devido à idade avançada (vide seu último especial, onde estava sem graça e deslocado nas fantasias, bem como seus últimos espetáculos: um dos precursores do 'stand-up comedy' sentado, sem fôlego...)... Por fim, um rei, um gênio, um pioneiro, enfim, um artista completo: Charles Chaplin, o 'Charlie' ou "Carlitos", como ficou imortalizado por aqui - esse, apesar de nunca ter sido da bola (a não ser por aquela inesquecível cena de O Grande Ditador), se o fosse, sem dúvida também seria vascaíno da gema: apesar de ter nos deixado no ano em que nasci, 1977, os 122 anos de seu nascimento, comemorados na última sexta, 14, devem ser lembrados e reverenciados por todo amante da Sétima Arte, pela inventividade múltipla (ator, diretor, roteirista e compositor) e por tudo que ele construiu naqueles duros tempos dos primórdios cinematográficos da pantomima...

Vamos todos cantar de coração nossos parabéns a estes craques eternos em suas cenas inesquecíveis em nossas memórias infantis perdidas no tempo de uma bola de meia num canto qualquer...



Desejando a todos um bom feriado de reflexões e de descanso: uma feliz Páscoa de gostosas recordações...
|

16 comentários:

Anunciação on 21 de abril de 2011 00:35 disse...

Oh,céus;oh,dor!A que uma amizade nos leva...rs.Mas olha,acho que sou a flamenguista q mais tem amigos,conhecidos e parentes vascainos.Que bom que isso existe,nè?

Anônimo disse...

Oi Dil,

Grandes personalidades e grandes artistas. Chico, o maior humorista do Brasil, Rober Carlos, o maior cantor ainda vivo do Brasil e Charles Chaplin, o maior artista completo que existiu na face da Terra. E o Vasco? Bom, conicidência, dois desses artistas juraram amor ao Vasco. E torço para uma final digna no Campeonato Carioca. A volta do Vice-eterno-da-gama contra o meu Flamengo. E esperar pra ver!

Batom e poesias on 21 de abril de 2011 11:43 disse...

Que postagem mais fofa, Dilberto.
Dos Robertoso, gosto mesmo das bem antigas do "rei", que aos seis anos de idade, minha tia (uma apaixonada por ele), me fazia ouvir.
Dos grandes Chicos, amo os três: o Anísio, o Buarque e o meu... rss.

E o vasco?
Bom não comento mais sobre futebol.
:D

Mas o melhor de tudo é relembrar Chaplin.

Saudades
Rossana

Poeta Mauro Rocha on 21 de abril de 2011 16:01 disse...

Show de texto. E Viva o Vasco!!

Feliz Páscoa a você e a todas de sua familia e amigos.

Um abraço!

Canto da Boca on 21 de abril de 2011 20:14 disse...

Dilberto, eu já venho te ler com uma boca enorme em riso, pela liberdade que temos em emitir a nossa opinião, concordemos ou não com o que cada um diz. O fato enriquecedor é essa discordância, esses outros olhares que nós seus leitores temos. Vir aqui é contar com a ciência de que me depararei com um texto de qualidade inquestionável.
Mas olha eu nem quis te dar aulas de biologia, porque como falei anteriormente sabes também sobre tudo que escrevi, é só para não deixarmos a vigília de lado.

Eu respeito todos os aqui contemplados, e concordo sem exceção quanto ao Chico Buarque de Holanda (de Olinda, do Brasil e do Mundo), rs. Não sou fã do Roberto, cantor, mas sei que ele escreveu e escreve a história da música no Brasil, e obviamente merece nosso irestrito respeito. Mas ouço-o esporadicamente, tenho amigos que o endeusam e os respeito todos, e vi seus especiais de final de ano sem problema algum.
Eu assino embaixo sobre o Anísio e o Dinamite, mas "sou tricolor de coração, sou do clube tantas vezes campeão"... Meu coração é todo tricolor, sou Santa Cruz Futebol Clube - o João Cabral de Melo Neto, era torcedor da Cobra Coral -, um time que nem sei se subiu para a 3ª divisão (pasme, criaram uma 4ª para ele não sumir de vez), vou ao estádio sofrer, vibrar, me emocionar e ganhar com ele; e depois tenho uma simpatia imensurável pelo Fluminense (clube que o Chico Buarque torce, rs), e por fim, pelo Politheama... Mas não saberia torcer para outro time que não fosse meu Santinha, e não é só paixão, é ideologia! rs

E nada tenho a acrescentar sobre o Chaplin, porque é hors concour, e quem não reverencia, ainda o reverenciará.

E por fim, desejo a ti e aos seus uma páscoa reflexiva sobre o verdadeiro significado dela.
Como para mim Cristo nasce e morre diariamente comigo, em mim, nas minhas vitórias e dificuldades, não tenho apenas um, dois dias nos 40 que sucedem ao carnaval para sofrer minhas cruzes...

E ademais, como peixe e frutos do mar praticamente todos os dias, e não gosto de chocolates, hahahahahaha!

Abração, Dilberto!

Jota Effe Esse on 22 de abril de 2011 16:15 disse...

Tens razão em todos os adjetivos empregados nesse texto, Dilberto, mas tão grande e completo como Carlito, só o Chico Anysio. Claro que não é mais aqule de Chico Cyti, porém, nossa admiração é mesma.

Jota Effe Esse on 22 de abril de 2011 16:35 disse...

Voltei pra fazer duas correções no comentário anterior: Leia-se "Chico City" e "admiração é a mesma". Meu abraço.

Miguel S. G. Chammas on 23 de abril de 2011 15:50 disse...

Dilbeto, assim como você que mesmo não sendo do Riotorce pelo Vasco, eu só não torci pelo Vasco na época Miranda. Erademais para mim.
Sou, na verdade Esmeraldino de sangue e de berço.
Tanto eu como o nosso Chico Anysio torcemos pelo Piriqito, Porco ou, simplesmente, PALMEIRAS.
Aliás, o Roberto Carlos também é verde no coração.
Repare e constate, somos todos assaz inteligentes! rsrsrsrs

PS - Aguarde pra muito breve uma nova postagem gastronômica.

Jens on 23 de abril de 2011 15:57 disse...

Justas a apropriadas homenagens, camarada Dilberto.
Concordo com tuas restrições ao Rei RC, mas suas qualidades se sobrepõem aos defeitos. Afinal, quem já não deu uns coxaços ao som de Detalhes? Longa vida do Rei.
Quanto ao mestre Chico Anysio, está fazendo falta.
Quanto ao fato de seres um integrante da nação cruzmaltina, tudo bem: ninguém é perfeito.
Meu email: j.nunessilva@gmail.com

Um abraço e uma feliz Páscoa junto aqueles a quem queres bem.

Soninha on 23 de abril de 2011 20:08 disse...

Olá,Dilbeto, querido amigo!

Que bacana sua homenagem ao ídolos de todos os tempos... Algo singelo do fã incondicional,encheu de ternura nossos corações.
Meu caro,você tem o dom da palavra e seu blog é extremamente agradávelde se visitar.Por isso,o escolhi para dar um selo...está lá no Roda de Prosa e é para osblogs que eu considero que,realmente,acrescentam algo à web.
É seu...
Obrigada pelo carinho de sempre,através de suas visitas ao Roda.
Feliz Páscoa junto as seus!
Muita paz! Beijossssss

Duarte on 24 de abril de 2011 14:54 disse...

Óptimo, faz falta uma nota de bom humor e boa música.
Nunca li, em tão poucas palavras, tanto e tão bem adequado a cada um dos personagens elegidos. Concordo plenamente e dou-te os parabéns. :)))

Abraços de vida

Claudinha ੴ on 24 de abril de 2011 15:09 disse...

Meu caro Dilberto, para começar, agradeço o presente, o selo Blog Pop! Valeu! Agradeço também as palavras carinhosas!
Bem acho Chaplin um gênio, Chico Anísio um mestre, tenho meu respeito mais profundo pelo Rei, embora não curta muito seu jeito. Mas quando o negócio é bola, sou Galo, preto e branco, em Minas. Minha família toda esteve presente em sua história. Não só no gramado, na técnica, mas como na diretoria. Tá no sangue. Mas no Rio... Me desculpe... Minhas cores são vermelho e preto, sou mais Fio maravilha. Tenho pavor de "Eurico", porém respeito o Dinamite pelo trabalho e talento. Mas acima de tudo, gosto docê que tem um talento danado pra escrever e mesclou todas estas coisas(aniversários, times e talentos) de maneira muito legal. Gostei mesmo!
Beijo procê, pras meninas e uma Feliz Páscoa!

Chris Ferreira on 24 de abril de 2011 18:25 disse...

Oi Dilberto,
Muito obrigada pelo selinho. Adorei recebê-lo.

Adorei o post cheio de celebridades e recordações.

Um ótimo final de domingo de Páscoa para você.
beijos
Chris
http://inventandocomamamae.blogspot.com/

Chris Ferreira on 24 de abril de 2011 18:25 disse...

Oi Dilberto,
Muito obrigada pelo selinho. Adorei recebê-lo.

Adorei o post cheio de celebridades e recordações.

Um ótimo final de domingo de Páscoa para você.
beijos
Chris
http://inventandocomamamae.blogspot.com/

Loba on 25 de abril de 2011 14:10 disse...

entrei toda serelepe achando que o prêmio era pra outra. afinal, é lá que vc parece estar mais à vontade, né? ou seria menos incomodado? rs...
ok, ok... dada a cutucada, vamos ao post! eu gosto muitissimo do seu jeito de escrever, já disse e repito. posso discordar de uma ou outra opinião, mas gosto de ti. nenhuma novidade, né? novidade talvez seja isso: ter a jovem guarda invadindo minha adolescência e detestar roberto e sua turma! naquele tempo eu só tinha ouvidos pros bad boys rolling stones, pro tropicalismo baiano e pro baiano raulzito, pra bossa nova e - separada e especialmente - pra chico e milton, minhas sempre paixões!
vasco? do rio, só o pó de arroz! e do maranhão, mesmo não sabendo de um time, tem o autor das novas cartas - sou fã dele, conhece? um amor!!!
beijo e beijo!
ah... obrigada pelo selinho. vc é 10 x 10!

Ilaine on 26 de abril de 2011 05:36 disse...

Dilberto, amigo! Obrigada pelo selinho. Fiquei felicíssima. Já estou levando.

Sim, os ídolos que, de uma ou de outra forma, nos formam, nos fazem felizes e preenchem partes de nossa vida. São um pouco reis também para nós. O Christian, meu filho, é apaixonado pelos Beatles, por Bob Dilan e tantos outros... Semana passada fomos comprar três posters dos Beatles para decorar o quarto dele, e no início de junho vamos todos ao concerto de Ringo Starr. Os meninos estão em polvorosa.

E sim: Como a Loba, também gosto de tua escrita e de tudo aqui. Aprendo um monte com você, sabia? Eu sou uma das poucas mulheres que gosta de futebol... Ai!!!! Mas não conte para ninguém,tá? Beijo

Amigos & Leitores

 

Google+ Followers

+ voam pra cá

Web Pages referring to this page
Link to this page and get a link back!

Quem linkou

Twingly Blog Search http://osmorcegos.blogspot.com/ Search results for “http://osmorcegos.blogspot.com/”
eXTReMe Tracker
Clicky Web AnalyticsBlogBlogs Join My Community at MyBloglog!Personal Blogs - BlogCatalog Blog Directory

Outras cavernas

luzdeluma st Code is Copyright © 2009 FreshBrown is Designed by Simran