domingo, 3 de fevereiro de 2008

Poesia & Carnaval

Nunca fui de folia, a não ser por alguma curiosidade na infância dos fofões ou na adolescência das namoradas de alguns bailes em clubes de São Luís... Nunca entendi o “dançar e beber até se acabar” antes que o mundo se acabe, menos ainda quando esse hedonismo hoje em dia se arrasta pelo resto do ano... Mas estamos no carnaval, quando nesta ilha sempre chove e onde nunca falta amido de milho (por aqui, maisena) para se jogar no pessoal... E no carnaval nunca falta poesia (o que clássicos como "A Felicidade", "Marcha da Quarta-Feira de Cinzas" e tantas outras pérolas de nosso cancioneiro MPB estão até hoje por aí a nos relembrar...), ainda que a temporada toda de folia seja um tanto insensível com alguns incautos pierrôs e colombinas...

Resultado de imagem para confete serpentina lama chuva 
Sempre chove nos carnavais

Sempre chove nos carnavais
Lágrimas temporais
Escorrem.

E um grito abafado
Na lama
É pisado por algum folião distraído.

(Dilberto L. Rosa, Um breve desabafo em antítese, 1998)



Carnaval Atemporal

Domingo atemporal
De velhos carnavais:
Silêncio na ressaca
Do povo que se guarda
Pra quando a noite chegar,
Quando a banda passar
E a cachaça fazer tremer...

Da carne trêmula exposta
Que balança e sacode e se contorce
E se apodrece ao sol que racha
Ao meio dia
Resta a maisena e o perfume barato
Na pele molhada do sexo,
Do samba, do suor e da cerveja...

Amanhece e anoitece
Que o carnaval já vai acabar:
Adeus à tua boca e ao teu corpo
Que conheci ainda há pouco
No sangue deixado pra trás,
Em cada paralelepípedo arrepiado
Da velha cidade a cantar...

Fofão, folião, língua adentro
E o torpor não me faz descansar
Diante de ti, nua e coberta
Da fantasia da já quase morta folia
No corpo que vacila e se rescinde
À beira da terceira madrugada que anuncia
A cinza de nossos doces infinitos...

Tudo acabado entre nós
Cada qual acabado a sós
– Mas jogo água por cima
Lavo tudo com a língua,
Limpo os pratos das orgias,
Recrio a rima da minha folia
E estico minha sina pra depois...


(Dilberto L. Rosa, Morcegos em São Luís, 2000/2007)

Amigos & Leitores

 

Google+ Followers

+ voam pra cá

Web Pages referring to this page
Link to this page and get a link back!

Quem linkou

Twingly Blog Search http://osmorcegos.blogspot.com/ Search results for “http://osmorcegos.blogspot.com/”
eXTReMe Tracker
Clicky Web AnalyticsBlogBlogs Join My Community at MyBloglog!Personal Blogs - BlogCatalog Blog Directory

Outras cavernas

luzdeluma st Code is Copyright © 2009 FreshBrown is Designed by Simran