domingo, 26 de agosto de 2007

Os Erros do Mago
E Os 109 Anos do Time Mágico!




Li O Alquimista, de Paulo Coelho, quando adolescente, e, mesmo naquela época, já havia percebido o quão mal escrito e pueril era... Mesmo assim, confesso que ainda houve certo encantamento com a idéia toda sobre "lenda pessoal" e demais assuntos esotéricos e de auto-ajuda, entre amigos que curtiam o livro até bem mais que eu... Recentemente encontrei uma formidável página na internet, o 'site' Por trás das letras, onde encontrei muito com que me identificasse, eu, um apaixonado da Língua como todos bem o sabem! E, em tempos de novelas globais sobre magia e afins (inclusive assessorada pelo "mago-mor" supradescrito), nada melhor que se divertir com os absurdos cometidos naquele "clássico" de nossa Literatura, adorado mundialmente por celebridades do "calibre" de Madonna (!), e que aqui são avaliados com maestria pelo professor e Membro da Academia de Letras do Brasil J. Milton Gonçalves (autor dos livros Gafes Esportivas e Tira-Teimas de Português). E digo "divertir-se" não no sentido de tripudiar, longe disso: afinal, um autor que compôs com o mestre Raul alguns dos maiores 'hits' do 'rock' nacional, faz sucesso mundialmente com suas estórias e que é membro da Academia Brasileira de Letras (será que ele usou magia?) deve ter seu caminho respeitado... Mas não há como não corar diante de erros crassos, passados sem revisão e sem respeito a uma legião de leitores, tudo levado com muito bom humor pelo professor Milton. E, por ocasião do aniversário do escritor e mago (último dia 24), clique Por trás das letras e conheça essas "pérolas", esperando pela "magia" de alguém que faz chover – água ou milhões, não se sabe... –, mas que ainda não apresentou algo de concreto para as Letras Nacionais...



E o que Paulo Coelho, Carlos Drummond de Andrade, Rubem Fonseca, Juscelino Kubitschek, Getúlio Vargas, João Goulart, Martinho da Vila, Araci de Almeida, Aldir Blanc, Luiz Melodia, Fernandinha Abreu, Jamelão, Raul Seixas, Roberto e Erasmo Carlos, Chico Anysio, Renato Aragão, Camila Pitanga, Chacrinha e Nelson Piquet e Pelé (na infância) têm (ou tinham) em comum? Todos torcedores do eterno "Expresso da Vitória", do "Time da Virada", do glorioso escrete cruz-maltino (apesar de a cruz símbolo do time carioca ser, de fato, a Cruz Pátea, e não a Cruz de Malta, com as pontas bifurcadas) – todos vascaínos, em comemoração aos 109 anos do clube carioca: 21/08/2007, dia do Clube de Regatas do Vasco da Gama!

A despeito dos anos de desmandos do fascista Eurico Miranda (6 anos sem patrocínio? Larguem essa bomba; votem em Dinamite!), o "Gigante da Colina" tem muitos motivos para orgulhar-se, numa verdadeira história de glórias: lutou muitos anos por ter sido o primeiro clube a aceitar negros no elenco profissional; maior campeão estadual de remo da história (45 títulos); único clube carioca a ser campeão internacional de Basquete (bicampeão sul-americano e da Liga Sul-Americana); único carioca campeão da Liga Nacional de futsal (2000); 116 títulos de futebol; primeiro clube brasileiro a vencer uma competição internacional (Sul-Americano de 1948), primeiro título no Maracanã (Carioca de 1950), primeiro carioca a vencer o Campeonato Brasileiro (1974) e a Taça Guanabara (1965) e vencedor do dificílimo "Super-supercampeonato" Carioca de 58; com o maior número de artilheiros na história dos Brasileiros (e com o maior artilheiro da História: Roberto Dinamite, 190 gols); clube que mais cedeu atletas para uma edição dos Jogos Olímpicos (Sydney/2000 – 83 atletas, incluindo o grande medalhista Gustavo Borges e a dupla Adriana Behar/Shelda), a "fábrica de goleiros", o tetra-campeão brasileiro (2000) e dono do maior estádio de futebol da América do Sul até 1930 – e, até hoje o maior e melhor estádio particular do Rio de Janeiro...

Difícil evidenciar uma única razão para ser vascaíno, mas, com certeza, posso dizer as duas primeiras: as influências dos últimos gols de Roberto Dinamite que a minha infância ainda acompanhou pela TV, ao lado de meu pai, segunda maior influência, jogador amador do Ferroviário F.C. em sua juventude aqui na Ilha... Mais difícil ainda seria escolher o "escrete ideal", tamanhos os fenômenos de craques nascidos (ou que vestiram a camisa) no Vasco, mas meu pai e eu tentamos formular uma, que segue na seção dos comentários! E atenção, detratores de plantão: a homenagem aqui é unicamente a um time único; não há cunho provocativo – em querendo, façam as suas ao seus times do coração! A este clube e a seus craques eternos, só os nossos parabéns!

 

Google+ Followers

+ voam pra cá

Web Pages referring to this page
Link to this page and get a link back!

Quem linkou

Twingly Blog Search http://osmorcegos.blogspot.com/ Search results for “http://osmorcegos.blogspot.com/”
eXTReMe Tracker
Clicky Web AnalyticsBlogBlogs Join My Community at MyBloglog!Personal Blogs - BlogCatalog Blog Directory

Outras cavernas

luzdeluma st Code is Copyright © 2009 FreshBrown is Designed by Simran