terça-feira, 27 de maio de 2008

E eu ainda pago por isso... Com tudo em Inglês!



Há certo tempo, havia comentado por aqui sobre o requentado de nossa TV aberta e levantei a questão da falta de qualidade, como um todo, de nossa televisão... O engraçado é que, sobre a tão propalada "TV paga" (canais nacionais e internacionais, a cabo ou por satélite), nunca consegui entender, por exemplo, como alguns "seriados" chatos e sem imaginação são tão benquistos, especialmente pelo público brasileiro...

Mas eis que uma olhada mais atenta me trouxe uma rápida conclusão: os antigos modelos de 'soap opera' (a novela dos ianques, tal como o antigo Dallas) foram substituídos por "episódios inéditos" e intermináveis "temporadas" de Ugly Betty (e esta merece destaque: os norte-americanos vieram buscar a colombiana "Betty, A Feia"!), Grey's Anatomy, Desperate Housewives e até mesmo o apelo 'teen' de Smallville (que simplesmente destrói e desrespeita um dos maiores ícones dos Quadrinhos, o Super-Homem, em roteiros e atuações chinfrins, tudo devidamente "atualizado" para a geração 'net'/'x-cube'!) nada mais são que... Novelas! E ruins, diga-se de passagem!

Além de não gostar de "reviravoltas" prontinhas e no capricho para "explicar" não sei quantos capítulos do mesmo "levado ao ar de segunda a sábado", sempre achei novelas longas e arrastadas demais para acompanhar, um verdadeiro ópio popular brasileiro! O engraçado é que alguns jovens que hoje detonam nosso "legítimo produto artístico nacional" não perdem um "episódio" (só que lá normalmente é só uma vez por semana...) de suas "séries" favoritas e enlatadas! Cansativo? Não! Afinal, há quase noventa canais nesse pacote que acabei de instalar! Eles inventarão alguma coisa para entreter você!

E o que dizer dos tais 'reality shows'? Mais novela, e da pior monta! Noutro dia quase surtei ao ver um anúncio de uma nova "série" no E! Entertainment (cujo um dos raros programas que se salvam da total futilidade é o Chelsea Handler Show): que tal você acompanhar uma "novela real" sobre as dificuldades que enfrenta uma família de anões (!) em nosso mundo? É, meus caros: quem pensou que as baixarias de um carcomido Ozzy Osbourne e sua família seriam o supra-sumo do ridículo na televisão, estava redondamente enganado!

E o mais legal de tudo é que você está fadado a ver tudo isso várias vezes por dia! É incrível o número de reprises de um mesmo programa ao longo da semana, o que traz economia aos canais (como o Warner Channel, que, ao contrário de seu par, o canal da MGM, passa e "repassa" séries intermináveis em vez de melhor aproveitar o tempo com alguns de seus grandes filmes) e diminui ainda mais a tal "qualidade" de tanto tempo gasto de transmissão...

Tudo bem que ainda existam séries que se salvem (como algumas cômicas, já encerradas na TV – Seinfeld, Mad about you, Alf e Friends – ou ainda em exibição – Two and a half men, Simpsons e o "novo" Pushing Daisies, espécie de Amélie Poulan sobrenatural norte-americano), justamente por cada estória apresentar um final por episódio, juntamente com outros canais de documentários, filmes ou jornalísticos. Mas é por isso mesmo que a idéia dos "200 canais" existe (como bem nos lembra o inteligente Daily Show em seu final irônico): ao contrário das poucas opções brasileiras, os EUA são uma novela à parte – e com várias partes ao longo dos anos e da programação...


Uma vez que o seriado era tão legal, nada melhor que recordar aquela gostosa canção que você ouve ao fundo...

I'll Be There For You - THE REMBRANDTS
Estarei Ao Seu Lado

So no one told you life was gonna be this way [four claps]
Então ninguém te disse que a vida seria assim [quatro aplausos]
Your job's a joke, you're broke, your love life's D.O.A.
Seu emprego é uma piada, você está duro, sua vida amorosa vai de mal a pior
It's like you're always stuck in second gear
É como se você sempre estivesse em segundo plano
When it hasn't been your day, your week, your month, or even your year, but
Quando não é seu dia, sua semana, seu mês, ou até mesmo seu ano, mas

CHORUS (Refrão)
I'll be there for you
Eu estarei ao seu lado
(When the rain starts to pour)
(Quando a chuva começar a cair)
I'll be there for you
Eu estarei ao seu lado
(Like I've been there before)
(Como já estive antes)
I'll be there for you
Eu estarei ao seu lado
('Cause you're there for me too)
(Pois você já esteve ao meu também)

You're still in bed at ten and work began at eight
Você ainda está na cama às dez e seu trabalho começou às oito
You've burned your breakfast so far, things are going great
Você queimou seu café da manhã, as coisas estão indo muito bem
Your mother warned you there'd be days like these
Sua mãe te avisou que haveria dias como esses
But she didn't tell you when the world has brought you down to your knees
Mas ela nunca te disse quando o mundo te faria ficar de joelhos

CHORUS (Refrão)
No one could ever know me, no one could ever see me
Ninguém jamais me conheceria, ninguém jamais me veria
Seems you're the only one who knows what it's like to be me
Parece que você é o único que sabe exatamente como é seu eu
Someone to face the day with, make it through all the rest with
Alguém com quem enfrentar o dia, fazer as coisas darem certo
Someone I'll always laugh with
Alguém com quem sempre irei rir
Even at my worst, I'm best with you
Até no meu pior momento, sou melhor com você

It's like you're always stuck in second gear
É como se você sempre estivesse em segundo plano
When it hasn't been your day, your week, your month, or even your year, but
Quando não é seu dia, sua semana, seu mês, ou até mesmo seu ano, mas

CHORUS (Refrão)

Amigos & Leitores

 

Google+ Followers

+ voam pra cá

Web Pages referring to this page
Link to this page and get a link back!

Quem linkou

Twingly Blog Search http://osmorcegos.blogspot.com/ Search results for “http://osmorcegos.blogspot.com/”
eXTReMe Tracker
Clicky Web AnalyticsBlogBlogs Join My Community at MyBloglog!Personal Blogs - BlogCatalog Blog Directory

Outras cavernas

luzdeluma st Code is Copyright © 2009 FreshBrown is Designed by Simran